editada

Foi realizado o primeiro encontro presencial do projeto Cretcheu, entre os dias 2 e 4 de novembro, na Universidade de Santiago de Compostela, envolvendo as coordenações de todas as 8 universidades parceiras.

 A Professora e Diretora do CIGEF, Clementina Furtado esteve presente no encontro que serviu para que os/as participantes se apresentassem, conhecessem e partilhassem o que têm sido feito em cada uma das instituições parceiras. Serviu também para a apresentação geral e discussão do projeto, apresentação do website já criado e do draft do projeto de Mestrado a ser submetido para financiamento.

O projeto Cretcheu está na fase de preparação de um Mestrado Internacional que terá foco no estudo dos diferentes tipos de violência contra as mulheres nas zonas rurais, considerando que a oferta para formação é bastante limitada nesta área.

O Mestrado será financiado pela Comissão Europeia no âmbito do programa Erasmus e será formado por um consórcio de oito universidades, sendo quatro delas europeias e quatro não europeias, nomeadamente o Centro de Investigações e Estudos Superiores em Antropologia Social no México, a Universidade Federal de Paraíba no Brasil, o Centro de Investigação e Formação em Género e Família (CIGEF) da Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), o Centro de Estudos da Mulher na Universidade de Bharathiar na Índia. O projeto é liderado pela Universidade de Santiago de Compostela e integra outras três universidades europeias, nomeadamente a Universidade de Vilnius na Lituânia, a Universidade de Calabria em Itália e a Universidade do Minho em Portugal. O mesmo encontra-se na fase de preparação do referido Mestrado. Esta fase terá a duração 15 meses (com início em setembro de 2022), findo o qual, será submetido à Comissão Europeia para financiamento. O primeiro draft deverá estar pronto a 15 de dezembro de 2022.

O encontro foi marcado pela partilha de experiências pelos responsáveis do Projeto Erasmus Mundus master's programme - the European Master in Lexicography – EMLex por María José Domínguez Vázquez- Chair of the Steering Board and Coordinator at the USC e Lola Mosquera Sánchez - EMLex Management at the USC, onde falaram dos desafios, dos pontos fortes e conquistas referentes ao projeto que está a ser implementado há alguns anos. Houve um debate acerca dos procedimentos a serem levados em conta para a elaboração da proposta do Mestrado, os requisitos, os prazos, as modalidades de participação de cada instituição envolvidas e as questões financeiras. Posto isso, a equipa discutiu os próximos passos a seguir para a finalização do desenho do curriculum de mestrado a ser implementado.

Um dos pontos altos do encontro foi a conferência de encerramento proferida por Rosa Arcos Caamaño (Trade Union And Feminist Activist): Feminism and Territory "RURAL   FEMINISM". Rural women in Europe and Galicia. Our contribute to the Feminist Movement, onde ficou evidente o problema de silenciamento, invisibilização e naturalização da violência no meio rural.

No final do encontro foram discutidos os próximos passos para o seguimento do processo de elaboração do projeto de Mestrado e a partilha pela instituição coordenadora, a realização de encontros regulares online, incluindo webinários envolvendo especialistas de outras instituições ligadas ao projeto, as visitas exploratórias ás universidades parcerias e as partilhas de experiências entre as universidades do Sul parceiras do Projeto e estabelecimentos de cooperações bilaterais e multilaterais entre as instituições que ainda não o têm.

 

Para saber mais informações do Projeto Cretcheu consulte o link, Website e twitter.