Imagem-original--Investigadores-RESISTANCE-Uni-CV-em-atividades-do-Projeto-em-Portugal.jpgTrês docentes da Universidade de Cabo Verde no Projeto RESISTANCE - H2020-MSCA-RISE-2017 (Marie Skłodowska-Curie Research and Innovation Staff Exchange), na condição de investigadores visitantes em universidades portuguesas, a saber: Profs. Doutores Elter Carlos e Gertrudes Silva Oliveira (Universidade de Évora) e Prof. Doutor Lourenço Gomes (Universidade Nova de Lisboa), realizam as respetivas missões científicas e académicas em Portugal, entre março e abril de 2022. 

Os mesmos investigadores, em articulação com os team leaders de acolhimento e correspondentes centros de investigação, prepararam uma agenda de tarefas que inclui: intercâmbios com as equipas de investigação e inovação, no âmbito do referido projeto; contributos na elaboração de sinopses de rebeliões para o digital mapping of popular revolts; e participação no reforço da bibliografia sobre fenómenos de resistência nos impérios ibéricos, entre os séculos XVI e XIX. 

Além destas atividades, os mesmos docentes universitários farão ainda uma pesquisa  em arquivos, para a participação em eventos académicos e preparação de artigos científicos, respeitando o quadro temporal definido sobre as resistências que tiveram como personagens indivíduos discriminados em diferentes contextos.  

As estadas no exterior servem, igualmente, para estes professores, entre outras atividades, ajudarem a coordenação geral do Projeto RESISTANCE, na preparação do 7º Simpósio Internacional subordinado ao tema: cultural resistance (discourses, art, literature, music, religion), planeado para ser realizado em junho de 2023 na Universidade de Cabo Verde