Cabo-Verde-fishermen-unload--LI.jpg

No quadro da extensão universitária, a Universidade de Cabo Verde integra, na qualidade de parceira principal, desde junho de 2020, o projeto denominado Iniciativa Pesca Costeira-Challenge Fund (IPC-CF), liderada pelo Banco Mundial, que inclui quatro países: Cabo Verde, Equador, Indonésia e Peru.

O Concurso de Conhecimento Mundial da Iniciativa de Pesca Costeira do Banco Mundial – Challenge Fund - visa a mobilizar o poder coletivo das comunidades pesqueiras, empresas, investidores, governos e outras partes interessadas no setor de produtos do mar, para desenhar e implementar métodos e mecanismos inovadores que promovam o uso e gestão sustentável das reservas de peixes costeiros, reduzindo a sobrepesca e abordando os problemas dos bens comuns, através de uma melhor coordenação entre os pescadores e uma maior colaboração entre todas as partes interessadas. 

A pesca excessiva está entre os maiores desafios que ameaçam a saúde dos oceanos do mundo, os meios de subsistência de milhões que vivem em comunidades costeiras e as oportunidades de negócios de frutos do mar e indústrias relacionadas. A cada ano, a pesca global perde US$ 83 bilhões em benefícios económicos devido à pesca excessiva (Banco Mundial “The Sunken Billions Revisited”), uma quantia que poderia ser reinvestida produtivamente em pessoas, comunidades e economias. A coordenação limitada entre os pescadores e as partes interessadas em frutos do mar bloqueou o desenvolvimento de soluções viáveis para a sobrepesca, resultando na perda contínua de recursos naturais e benefícios económicos.   

A Universidade de Cabo Verde, enquanto parceira principal do projeto, assume-se como facilitadora nacional de suporte aos promotores interessados em participar neste concurso internacional, através do Centro de Empreendedorismo e Prestação de Serviços.

O concurso está direcionado para as coligações já estabelecidas ou recém-formadas, bem como organizações individuais que procurem parceiros de coligações que trabalhem no setor da pesca costeira ou dos produtos do mar e indústrias relacionadas em Cabo Verde, Equador, Indonésia ou Peru. As coligações devem ser compostas por três ou mais organizações colaboradoras, incluindo pelo menos dois dos seguintes tipos de organizações: associações de pesca ou outras organizações comunitárias costeiras, negócios e organizações sem fins lucrativos. Pelo menos duas das organizações da coligação devem ter operações em andamento num dos países que participam no concurso durante o período de candidatura. 

Todas as coligações interessadas devem preencher e enviar a sua inscrição até o dia 13 de março de 2022, seguindo os critérios de elegibilidade. O prazo foi prorrogado até ao dia 20 de março.

Para saber mais sobre o concurso, incluindo como se inscrever ou se tornar um parceiro, visite solutionstooverfishing.org