Lusa-e-a-UNICV.jpg

Estudantes da Faculdade de Ciências Sociais, Humanas e Artes da Uni-CV vão passar a realizar estágios curriculares na sede da Lusa, em Lisboa, no âmbito de um protocolo assinado, na última sexta-feira, 12 de novembro, na Câmara de Comércio de Sotavento, em Achada Santo António, entre a Universidade de Cabo Verde e a Agência de Notícias Lusa. 

O memorando de entendimento, que foi rubricado pela Reitora da Uni-CV, Judite Medina do Nascimento, e pelo Presidente do Conselho de Administração da Lusa, Joaquim Carreira, visa iniciar a cooperação entre as duas instituições e identificar áreas de interesse mútuo, com vista a contribuir para o desenvolvimento das áreas formativas de comunicação social, bem como criar maior proximidade entre a Lusa e a Universidade de Cabo Verde.

“Para a Universidade de Cabo Verde é, uma oportunidade de, com a Agência Lusa, desenhar uma parceria, formar e criar uma janela de oportunidades para seis estudantes da Uni-CV poderem fazer estágio curricular na Agência Lusa”, assegurou a Reitora da Uni-CV. 

No que se refere ao estágio curricular, o protocolo prevê o acolhimento pela Lusa de seis estudantes, divididos em dois grupos de três, na delegação da Praia, e, na sequência da avaliação, dois serão selecionados para um estágio de três meses em Lisboa.

Para o Presidente da Lusa, Joaquim Carreira, essas acções enquadram-se dentro da estratégia de cooperação que a Agência de Noticias de Portugal está a ter com os países de língua oficial portuguesa.

“Acho que é um novo virar de páginas. Temos aqui algumas questões de aprofundamento das relações claras e muito objectivas, nomeadamente a nível dos estágios, de apoiar as rádios locais e apoio ao combate à desinformação, que é uma das áreas que são muito importantes para nós”, disse.

A Lusa e a Uni-CV planeiam cooperar na implementação de projetos, tendo em consideração os valores das duas entidades e o objeto social das mesmas, nas seguintes áreas: vagas de Estágio, para estudantes de comunicação social da Uni-CV, na delegação de Cabo Verde e na sede da Lusa em Lisboa; promoção de debate para a melhoria do ensino nas áreas da comunicação social, tendo em vista a capacitação futura de estudantes em jornalismo de agência; promoção de debate para captação de recursos para o financiamento dos projetos em causa; organização de cursos de especialização para os técnicos da comunicação e de multimédia da Uni-CV e outras áreas de interesse comum, a serem identificadas pelas partes.