No âmbito do projeto "Empreendedorismo e Autoemprego para jovens e mulheres no setor da economia azul em Cabo Verde", a Universidade de Cabo Verde e a Universidade de Vigo, Espanha, acabam de assinar um memorando de entendimento para contribuir para a implementação do emprego e do projeto de autoemprego para jovens e mulheres no setor da economia azul em Cabo Verde. O acordo foi assinado no dia 27 de março, na sala 314 do Campus do Palmarejo.

O protocolo foi assinado pelo Reitor da Universidade de Vigo, Manuel Joaquín Reigosa Roger, pela Reitora da Uni-CV, Judite Medina do Nascimento, e pelo Coordenador Geral da Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (AECID) em Cabo Verde, Jaime Puyoles García.

O Coordenador Geral da AECID em Cabo Verde ressaltou a excelente relação que existe entre as duas universidades, bem como os bons resultados já conseguidos.

O mesmo documento também prevê que a Universidade de Vigo colabore com a Uni-CV na execução técnica e económica do projeto "Empreendedorismo e Autoemprego para pessoas e jovens no setor da economia azul em Cabo Verde", juntamente com Instituto Nacional de Desenvolvimento das Pescas, um dos parceiros do projeto.

O Reitor da Universidade de Vigo mostrou satisfação em estabelecer cooperações com a Universidade de Cabo Verde e mostrou-se disponível para colaborar com a Uni-CV no futuro também. “Estamos muito contentes em continuar com essa colaboração e esperamos que no futuro dê bons frutos.”

 O projeto "Empreendedorismo e Autoemprego para jovens e mulheres no setor da economia azul em Cabo Verde" tenta combater o problema de desemprego que afeta o país, mais especificamente a população jovem e mulheres. Centra-se nas comunidades costeiras e na vulnerabilidade que supõe a grande dependência do setor na pesca artesanal.

A Reitora da Uni-CV agradeceu a oportunidade de renovar um projeto de grande importância para a Universidade de Cabo Verde pelo impacto que tem pelo nível da Universidade. 

"É uma forma da própria Universidade também participar nesta dinâmica nacional em prol da economia azul, que é um dos grandes pilares do plano estratégico do desenvolvimento sustentável. O outro objetivo é reforçar as relações que a universidade tem entre elas, mas também essas relações com o setor público e privado e fazer a transferência direta de tecnologia e também de conhecimento", avança.

Nos objetivos de cooperação entre as duas entidades está prevista o aproveitamento sustentável dos recursos marinhos, como forma de diversificar as atividades económicas; melhora da cadeia de valor da pesca via transformação dos produtos pesqueiros, sua distribuição e comercialização, ou através de atividades alternativas, como o turismo e outros serviços ligados ao mar, sempre com enfoque na sustentabilidade.

A parceria vai estabelecer-se com o objetivo de contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas dependentes da economia do mar, através da implementação de soluções inovadoras baseadas na formação e promoção do empreendedorismo sustentável e rentável.

33639288568_84d8033587_o.jpg