qualidade_agua.jpg

A água é um bem essencial para os seres vivos. Para o seu consumo diário, ela deve ser bem tratada, tendo especial atenção à sua qualidade físico-química. Diante disto, o docente da Uni-CV, Wilson Semedo, e dois Alumni da Uni-CV, estiveram envolvidos num estudo da qualidade da água de consumo na ilha do Fogo.

Os resultados de investigação que teve como objetivo avaliar a qualidade físico-química dos parâmetros da água dessa localidade, foram publicados na revista internacional “Journal of Materials and Environmental Science”.

Durante a investigação foram escolhidas quatro amostras de água para a analise de parâmetros físico-químicos, usando técnicas analíticas-padrão, disponíveis no laboratório da empresa AGUABRAVA.

"Relativamente aos dados obtidos, uma maior concentração de minerais foi observada nas amostras da água de consumo", afirma o docente. 

Acrescenta ainda que, de todas as amostras analisadas, uma amostra da água de consumo ultrapassou os valores paramétricos no que se refere à temperatura, e outra a concentração de ferro. "As amostras da água engarrafada diferiram no seu conteúdo de mineral, e a amostra de água engarrafada apresentou o conteúdo de mineral praticamente nulo". 

"Em todas as amostras analisadas, tanto de água de consumo como a água engarrafada, os parâmetros físico-químicos analisados estão de acordo com o decreto regulamentar de Cabo Verde e os valores estabelecidos pela OMS," frisa Wilson Semedo. "Porém é necessário ter atenção o rótulo nas águas engarrafadas e escolher a água que é mais apropriada, tendo em conta as necessidades alimentares individuais", concluiu.

Os dois Alumni da Uni-CV, Beatriz Silveira e Jandir Fernandes, foram estudantes do curso de licenciatura em Engenharia Alimentar e Engenharia Química e Biológica da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade de Cabo Verde.