IMG_1297.jpg

A Faculdade de Ciência e Tecnologia da Universidade de Cabo Verde, em parceria com a Entidade Reguladora Independente da Saúde (ERIS), celebra o Dia Mundial da Alimentação, sob o lema "Nossas ações, nosso futuro" e contou com a presença do Diretor de Regulação Alimentar da ERIS, da Presidente do Banco Alimentar de Cabo Verde, de docentes e de estudantes da Uni-CV.

O dia 16 de outubro é o Dia Mundial da Alimentação, e o Seminário realizado para marcar a efeméride na Uni-CV teve por objetivo chamar a atenção das pessoas para a importância dos alimentos seguros, das funções do banco alimentar de Cabo Verde e dos trabalhos da ERIS.

Edson Cabral dos Santos, Diretor de Regulação Alimentar da ERIS, frisou os trabalhos que as organizações têm feito com o objetivo de garantir uma alimentação saudável para todos, através da regulamentação, supervisão e sancionamento de estabelecimentos que não respeitem as normas alimentares.

A entidade reguladora também teve a oportunidade de apresentar o projeto PERVEMAC, um projeto que nasceu nas Ilhas Canárias e visa garantir uma alimentação segura e sem riscos para os países da Macaronésia. O projeto ajuda a identificar a quantidade de pesticidas em alimentos consumidos diariamente para depois contribuir para uma reeducação alimentar.

A Presidente da Fundação Donana e do Banco Alimentar de Cabo Verde, Professora Ana Hopffer Almada, falou dos trabalhos que a organização tem feito com a ajuda dos cidadãos e afirmou que "ainda temos um longo caminho a percorrer para garantir às pessoas o acesso a alimentos seguros". Frisou a importância de se criar políticas que garantam alimentos seguros, acabem com o desperdício e lutem contra a fome. 

No Dia Mundial da Alimentação é importante pensar mais nesses aspetos, adquirir novas práticas de alimentação saudável e assegurar que outros também tenham essas práticas, pois só assim haverá o fim da pobreza, da anemia, da desnutrição e outros problemas de saúde pública.

Galeria de fotografias