banner_youtube.jpg

A Universidade de Cabo Verde organiza o XXII Encontro da Rede de Estudos Ambientais dos Países de Língua Portuguesa (REALP) sob o lema “Desafios da Investigação ambiental em países de língua portuguesa. Estratégias de resiliência em contexto de crise”, nos dias 29 de novembro a 2 de dezembro, no Campus de Palmarejo Grande. A inauguração oficial que irá ter início às 9h00, do dia 29, no Centro de Convenções e transmitida em streaming nas páginas de Facebook e YouTube da Uni-CV, conta com a participação da Reitora da Uni-CV, Judite Medina do Nascimento (Presidente) e a representante da REALP, Manuela Morais.

O evento reunirá participantes de diversas universidades, entre as quais, a de Cabo Verde, Brasil, Angola, Moçambique e Portugal.

A agenda do encontro abordará diversos aspetos em torno do tema central com uma distribuição de sete painéis: Ordenamento do Território e Urbanismos; Sustentabilidade e Economia Circular; Igualdade de Género e Equidade Social; Mudanças Climáticas, Riscos Naturais e Sustentabilidade Ambiental; Governança e Participação Pública; Gestão e Conservação dos Recursos Naturais; e Literacia Oceânica e Lixo Marinho.

O XXII Encontro da REALP será realizado em três momentos diferentes. Num momento inicial, no dia 29 de novembro, será feita uma homenagem ao Prof. João Nildo de Souza Vianna e ao Doutor Leão Carvalho, que recentemente nos deixaram. Refira-se que o Prof. João Nildo era o representante Internacional e integrante da Comissão Científica da REALP; o Doutor Leão Carvalho foi o primeiro estudante a apresentar e defender uma tese de doutoramento em Gestão e Políticas Ambientais. 

Serão igualmente lançados dois livros: 1)  Resumos dos trabalhos já discutidos e aprovados do Doutoramento em Gestão e Políticas Ambientais (DGPA) onde, igualmente, constarão testemunhos dos docentes que lecionaram, orientaram ou fizeram parte dos júris das provas de doutoramento, relatando a experiência/interesse/motivação na colaboração com o DGPA e, também, na relação/colaboração/ vivência com o Prof. João Nildo e com o Doutor Leão Carvalho; 2) “Diálogos do Sul Atlântico: Crítica e Interpretação do Contemporâneo em Cabo Verde e Brasil”, organizado pela Universidade Federal do Maranhão, Brasil, e pela Universidade de Cabo Verde, com o contributo de investigadores de ambos os países.

Num segundo momento, a decorrer de 29 de novembro (à tarde) ao dia 1 de dezembro (de manhã), será realizado o Seminário Científico, em sessões paralelas. No terceiro momento, dia 2 de dezembro, está prevista uma excursão ao Parque Natural da Baía do Inferno e Monte Angra.  O programa inclui ainda duas conferências, uma inaugural e uma de encerramento, a serem proferidas por individualidades de reconhecido mérito nacional e internacional.

A Universidade de Cabo Verde iniciou a sua colaboração com a REALP em 2004, tendo-se oficialmente integrado como membro efetivo em 2011. Uma das grandes marcas da participação da Universidade de Cabo Verde na REALP é o Projeto Científico e Pedagógico de Doutoramento Internacional em Gestão e Políticas Ambientais (DGPA), cuja primeira edição, prestes a terminar, foi implementada em parceria com 13 Universidades de quatro países de língua portuguesa, nomeadamente: Cabo Verde, Portugal, Brasil e Angola.