panel-2562239_1280.jpeg

A Universidade de Cabo Verde irá instalar painéis solares em novo projeto de eficiência energética, em todo o Campus Universitário do Palmarejo Grande, no âmbito do projeto do Rotary Club de San Cristóbal de La Laguna, financiado pelo Governo de Tenerife. 

A informação foi avançada pela responsável pela ação externa do Cabildo de Tenerife, Liskel Álvarez, em entrevista ao Jornal Expresso das Ilhas, explica que o projecto do Rotary Club de San Cristóbal de La Laguna, tem o apoio da área de relações exteriores do Cabildo de Tenerife, para a instalação de painéis fotovoltaicos em todo o novo campus da Uni-CV. Este projecto também tem uma outra dimensão, através do Instituto Tecnológico e de Energias Renováveis, em Granadilla (Tenerife), que proporcionará estágios atécnicos cabo-verdianos.

Por outro lado, foi anunciado a existência dum outro projeto entre a Universidade de La Laguna e a Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), para um mestrado interuniversitário em Descarbonização Energética cujo processo está em andamento, segundo disse a Reitora da Uni-CV, Judite Medina do Nascimento.

“A intenção é ter uma componente prática desenvolvida e patrocinada pela Rotary Club de San Cristóbal de La Laguna onde nós iremos criar espaços de ensaios dentro do próprio Campus da Uni-CV onde ensinaremos os estudantes a nível profissionalizante a instalar painéis solares”, avançou Judite Medina do Nascimento, acrescentando que, ao mesmo tempo, serão instalados painéis solares para reduzir as despesas em energia a nível do próprio campus, tornando-o sustentável do ponto de vista energético.

Além de contribuir para a implementação de políticas sustentáveis de energia, a instalação destes painéis vai permitir também reduzir os custos relativos ao consumo de eletricidade e criar competências, não só internas na Uni-CV, mas sim a nível do país. Os técnicos serão formados e estarão aptos para trabalhar no sector privado a nível nacional e internacional.  

A Universidade de Cabo Verde paga mensalmente à empresa Electra cerca de dois milhões de escudos pelo consumo de energia. Por isso, a Reitora afirma que o impacto real deste projeto irá reduzir o valor da fatura de luz. “A energia que iremos produzir com a instalação desses painéis irá substituir paulatinamente a energia à base de combustíveis fósseis. A ideia é que, através desse projeto, sejam realizados um curso profissionalizante e um Mestrado o que permitirá que, em 5 anos, todo o Campus venha a ser absolutamente auto-sustentável no que diz respeito ao consumo de energia”.

Tendo em conta que somos uma universidade saudável e amiga do ambiente, com a filosofia no quadro da política ecológica que estamos a desenvolver há já alguns anos, a ideia é incutir a consciência ecológica em todos os membros da comunidade académica e promover o uso sustentável da energia, sensibilizando as pessoas para a racionalização dos recursos.

University of of Cabo Verde © 2022 | Site Map | Privacy Policy