abertura__ano_letivo.jpeg

O Novo ano letivo 2021/22 no Ensino Superior arrancou oficialmente na Universidade de Cabo Verde, num ato que foi presidido pelo Primeiro-ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, e pela Magnífica Reitora da Uni-CV, Judite Medina do Nascimento, na sexta-feira, dia 8 de outubro, no Centro de Convenções do Campus de Palmarejo Grande.

A cerimónia do início do ano letivo iniciou-se com um momento cultural que pretendeu ser um momento de grande simbolismo para os “caloiros”, de modo a permitir-lhes recordarem sempre o seu primeiro dia de aulas, neste novo ano, no Campus de Palmarejo Grande. 

AAL_Reitora.jpeg

 

O Novo Campus é considerado a maior obra feita na costa africana e uma instituição relevante para Cabo Verde. Por isso, a Reitora salientou os ganhos da Uni-CV, incluindo o início do ano em nova “casa”, com melhores condições, sobretudo em termos técnicos. Referiu ainda a qualidade de ensino, pelo qual sempre prezou a referida universidade, sem esquecer de mencionar os desafios causados pela pandemia, que foram superados “com sucesso”. Apesar dos desafios, o Campus promete ser uma instituição de referência para toda a comunidade académica, no que concerne à multiplicação de conhecimentos.

 

Durante o seu discurso de abertura do Novo Ano na Uni-CV, Judite Nascimento não deixou de falar também dos desafios, problemas ainda por resolver, sobretudo as questões financeiras, para além de ter sublinhado “na íntegra” algumas complexidades questionadas pela classe docente da Uni-CV. Por isso, a Magnífica Reitora apelou ao Primeiro-ministro e aos representantes do Ministério da Educação para disponibilizarem um tempo para conhecer e apoiar o novo recinto universitário.

“Gostaria de convidar-vos a conhecerem a nossa universidade, a tirarem tempo e disponibilidade a conhecer as infraestruturas e os resultados dos trabalhos concretizados por esta academia...  o apoio que o estado nos poderia dar é no sentido de atribuição de cada vez mais bolsas de estudos, uma política de financiamento do ensino superior e definisse o que é uma universidade publica para Cabo Verde.”  

 IMG_0430.jpgO Chefe do Executivo, Ulisses Correia e Silva, começou por saudar a abertura do ano académico universitário e desejou sucessos aos alunos e professores e a toda a comunidade educativa universitária, lembrando que este é o segundo ano letivo consecutivo que se opera em contexto de pandemia.

No decorrer do seu discurso, Ulisses Correia e Silva disse reconhecer o trabalho que a Uni-CV tem feito e que o Governo está aberto para apoiar no que for necessário.

Aos estudantes que iniciam mais um ano lectivo na Uni-CV, e aos que estão a entrar na academia pela primeira vez, Ulisses Correia e Silva incentivou-os a aproveitarem o espaço e o ambiente universitário para conhecimento, mas também para desenvolver a atitude de busca de excelência, de inovação e de empreendedorismo.

IMG_0372.jpg

 

Por sua vez, o docente convidado, Professor Lourenço Gomes, durante o seu discurso dirigido à Comunidade Académica, relembrou o percurso feito pela Universidade de Cabo Verde, assim como os ganhos obtidos com o envolvimento incondicional dos professores, sem esquecer as mudanças e problemas pelas quais a classe docente tem passado. 

 

 

 

 

IMG_0360.jpgO representante do funcionário no CONSU, Adilson Neto, chamou a atenção para o que considera ser fundamental, que é o fato de os Técnicos Administrativos deverem ser dotados de competências para o desenvolvimento sustentável e integrado da Universidade de Cabo Verde e, consequentemente, de Cabo Verde.

“É de referir que as aquisições de tais competências têm sido progressivas, através de capacitação, transversalmente aos esforços individuais de cada colaborador, que se inscreve nos cursos técnicos de graduação e pós-graduação – o que tem ampliado as suas competências para fazer face aos desafios da instituição”, lembrou Adilson Neto, sublinhando que é igualmente expetável que haja reconhecimento através de reclassificação e progressão nas carreiras sob um sistema justo e transparente de avaliação de desempenho.

 

IMG_0347.jpg

Entre votos de boas-vindas e palavras motivadoras dirigidas especialmente aos novos estudantes, Alector Timas, Presidente da Associação dos estudantes da Uni-CV, afirmou que o novo campus universitário trouxe alegria à camada estudantil, e que este novo ano letivo vai ser de vitórias e conquistas e espera ver os caloiros proativos e comprometidos com a academia. 

Durante o seu discurso, o mesmo entregou uma medalha de reconhecimento ao Primeiro-ministro, Ulisses Correia e Silva, ao Ministro de Educação, Amadeu Cruz, e à Secretária de Estado para o Ensino Superior, Eurídice Furtado, em forma de agradecimento pelo trabalho realizado em prol do desenvolvimento do Ensino Superior em Cabo Verde.

Galeria de fotografias