lancamento-carla-carvalho.jpg

IMG 0033A Universidade de Cabo Verde, através das Edições Uni-CV, lançou na quinta-feira, dia 10 de dezembro, o livro da Doutora Carla Carvalho, intitulado Os Donos da Terra. As Donas da Terra. Ou… As Terras de Ninguém. Questões Agrárias, Género e Desenvolvimento. O lançamento ocorreu no Auditório da Reitoria no Plateau e foi transmitido através das plataformas online Microsoft Teams e Facebook.

O evento contou com a presença e participação de várias personalidades da comunidade académica, nomeadamente membros da equipa reitoral, Presidentes das Faculdades e Escolas da Uni-CV e diretores/as de serviços, mas também Presidentes de Câmaras Municipais interessadas e outros convidados.

No seu discurso de abertura, em representação da Magnífica Reitora da Uni-CV, a Pró-reitora para a Extensão Universitária, Lourdes Gonçalves, realçou que esta obra representa mais um trabalho de excelência publicado pelas Edições Uni-CV, demostrando o empenho da instituição em cumprir com a sua missão de gerar e divulgar conhecimentos dentro da sociedade. Sublinhou ainda que esta nova publicação deverá constituir “um material de referência para consulta e uma fonte de conhecimento nas áreas abordadas”, nomeadamente as questões agrárias, de género e de desenvolvimento.

IMG 9992Por sua vez, a Diretora dos Serviços de Documentação e Edições da Uni-CV, Salomé Miranda, agradeceu a colaboração e o trabalho feito com a autora Carla Carvalho, e insistiu sobre o papel das Edições Uni-CV neste processo de divulgação e valorização das investigações académicas.

O livro foi apresentado pela Clementina Furtado, professora da Uni-CV e Doutora em Ciências Políticas e Sociais pela Universidade Livre de Bruxelas e Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), e pelo Claúdio Alves Furtado, professor da Uni-CV e da Universidade Federal da Bahia.

Durante a sua apresentação, a Clementina Furtado detalhou a estrutura do livro, oferecendo um panorama exaustivo das temáticas tratadas ao longo dos oito capítulos, passando do escopo global ao local, passando pelo nacional. Debruçou-se nas principais abordagens da autora, nas questões agrárias, de género e de desenvolvimento, que constituem a essência das pesquisas e do livro em geral. Em seguida, o Claúdio Alves Furtado propôs uma leitura mais genérica, contextualizando a obra na esfera interdisciplinar dos estudos que ligam género e desenvolvimento. Sem depreciar o resto do livro, realçou o valor e o interesse particular da terceira parte, onde a autora “mobiliza a reflexão teórica e sociohistórica para analisar dois casos concretos, as comunidades de Charco e Boaventura”.

IMG 9975Por fim, a própria autora Carla Carvalho tomou a palavra para agradecer às pessoas que a apoiaram neste processo, nomeadamente a Uni-CV, os contribuidores diretos do trabalho em Charco e Boaventura e a sua família. Lembrou ainda a origem do seu interesse pelas questões de género e desenvolvimento em Cabo Verde, afirmando que a pesquisa é uma forma de ativismo que impõe um posicionamento corajoso. Concluiu partilhando a sua esperança para que este trabalho possa ser útil não apenas em Cabo Verde, mas também em África e no Sul global, e que permita abrir o debate sobre as questões de propriedade fundaria no país e tornar mais transversais as problemáticas de género.

O livro da Dra. Carla Carvalho tem por propósito analisar as lógicas sociais e culturais que regem o acesso, a posse e a gestão das terras agrícolas na ilha de Santiago, em particular nas comunidades de Charco e Boaventura, onde foram realizadas as pesquisas. O trabalho da autora foi feito com um foco particular nas problemáticas de género, destacando desigualdades e desfasamentos entre homens e mulheres perante estas questões.

A autora é professora assistente graduada da Uni-CV desde 2009 e colaboradora-pesquisadora do CIGEF (Centro de Investigação e Formação em Género e Família) desde 2011. Além das suas funções atuais na Uni-CV, a autora trabalha como consultora e realiza pesquisas, principalmente com foco na área de sociologia e nos seguintes temas: Cabo Verde, mulheres rurais, desenvolvimento, questões agrárias, questões de género. A Carla Carvalho possui doutoramento em Estudos de Desenvolvimento pelo Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa (2019), mestrado em Ciências Sociais pela Universidade de Cabo Verde (2009), e graduação em Sociologia pela Universidade Jean Piaget de Cabo Verde (2005).