A Embaixada dos EUA na Praia anunciou a aprovação de uma subvenção de US$ 51.000 para a Universidade Estatal da Pensilvânia, em estreita colaboração com a Universidade de Cabo Verde. 

Durante os próximos 12 meses, o projeto centrar-se-á em tópicos relacionados com a investigação, educação, inovação, e envolvimento comunitário, com foco inicial na pesca sustentável, riscos naturais, e envolvimento comunitário e um possível intercâmbio presencial. 

A Penn State e a Uni-CV basear-se-ão no seu memorando de entendimento existente através de intercâmbios de professores, estudantes e pessoal administrativo para promover a investigação, o ensino, a inovação e o envolvimento da comunidade no alinhamento com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU, enfatizando a saúde, a educação, a inovação, o consumo responsável, e a ação climática. Os objectivos específicos incluem:

  1. Melhorar a capacidade de previsão e observação do tempo através do desenvolvimento e implantação de sensores meteorológicos costeiros de baixo custo que podem ser produzidos em Cabo Verde através da impressão 3-d;
  2. Ajudar o desenvolvimento de sistemas informáticos de baixo custo para a previsão de ciclones tropicais para investigação e operações;
  3. Promover o envolvimento da comunidade com a comunidade pesqueira para desenvolver uma aplicação que possa ser utilizada para condições ambientais em tempo real, com a possibilidade de ligar os pescadores aos mercados de consumo. O bolseiro irá trabalhar com os seus colegas no Gana e na África do Sul para explorar as suas aplicações de telemóveis para os pescadores.
  4. Expor os estudantes à investigação e atividades em curso em Cabo Verde através de visitas com GEOMAR, INMG, instituições de CV;

Colaborar com o corpo docente e fazer com que os estudantes e os docentes da PSU visitem a Uni-CV para se empenharem num projeto-piloto de implantação de estações meteorológicas e desenvolvimento de aplicações para telemóveis.