Dimensoes_novo_site_3.png

Decorreram, na Universidade de Cabo Verde, a 3ª sessão presencial de formação de formadores em GeoGebra, nos dias 28 e 29 de março, e a 4ª sessão de formação das oficinas piloto de formação de professores dos Ensinos Básico e Secundário, de 30 a 31 de março.

Estas atividades, que se realizaram nas Ilhas de Santiago e de São Vicente, enquadram-se no “Projeto de Reforço da formação de professores de matemática em Cabo Verde, numa lógica STEAM & GeoGebra”, promovido em parceria pela Organização de Estados Ibero-Americanos (OEI) e pela Universidade de Cabo Verde (Uni-CV), com o apoio financeiro da Fundação Calouste Gulbenkian e foram implementadas com o envolvimento do Instituto GeoGebra nesta instituição de ensino superior.

No decorrer dos trabalhos relativos à formação de formadores, foram discutidas e refletidas questões relacionadas com experiências de ensino, oficinas de formação bem como as metodologias de implementação das experiências em sala de aula, em função do modelo do conceptual TPACK progressivo - Competência Matemática, Competência Pedagógica, Competência Tecnológica, Competência Curricular, inspirado pela teoria dos Processos de Difusão da Inovação de Everett Rogers.

Estes modelos assumem um papel relevante na estratégia de trabalho das oficinas-piloto de formação de professores dos Ensinos Básico e Secundário, em desenvolvimento, em especial nas que decorreram entre os dias 30 e 31 de marco de 2022.

O projeto em causa trabalha a matemática numa visão integradora das aprendizagens e pretende capacitar os formadores em GeoGebra cabo-verdianos para a obtenção do nível III e a realização de oficinas-piloto de formação de professores, como parte deste processo de certificação. A formação incide na área de matemática e no uso do software GeoGebra em contexto STEAM (Science, Technology, Engineering, the Arts and Mathematics), uma abordagem para promover a aprendizagem que recorre a contextos das Ciências, da Tecnologia, da Engenharia, das Artes e da Matemática como ponto de partida para orientar a exploração\investigação, o diálogo e o pensamento crítico dos estudantes.

O desenvolvimento de práticas que contribuam para a melhoria da aprendizagem dos alunos, através da formação de formadores e formação inicial de professores e da introdução do software GeoGebra na prática dos docentes, mediante abordagens contextualizadas e que estabelecem conexões intra e extra matemática, também compõem esta formação.

Fonte: Organização de Estados Ibero-Americanos

University of of Cabo Verde © 2022 | Site Map | Privacy Policy