sonia_semedo.jpg

A docente e investigadora da Faculdade de Ciências e Tecnologia da Uni-CV, Sónia Semedo, recebeu uma bolsa do Arise-PP (Pesquisa Africana para Excelência Científica) que financiará a sua investigação no valor de 500 mil euros por cinco anos.

Sónia Semedo é um dos 44 africanos contemplados com esta bolsa, que tem por objetivo estimular a investigação em 38 países do continente africano. 

O projeto de investigação terá o nome de “Soluções inteligentes para a água e agricultura face as mudanças climáticas em Cabo Verde”, que também aplicará uma rede de sensores sem fios que permite ver a sua eficácia para a mitigação dos efeitos da falta de chuva.

Os candidatos para a bolsa eram 929 pessoas que tinham pesquisas ligadas a diversos temas, como mudanças climáticas, segurança alimentar, inteligência artificial, problemas ambientais e de saúde.

A docente Sónia Semedo afirmou a sua alegria de ser uma das escolhidas como também o desejo de promover a investigação nas áreas dos Sensores Inteligentes, Internet das Coisas e Inteligência Artificial.

Implementado pela Academia Africana de Ciências (AAS), Comissão Europeia, Comissão Africana, a bolsa Arise-PP é financiada pela União Europeia.