A Universidade de Cabo Verde organizou a I Conferência Internacional sobre Gestão de Áreas Protegidas em parceria com a Direção Geral do Ambiente, o Programa Regional de Conservação Marinha e Costeira (PRCM) e a Universidade Federal do Ceará - UFC, nos dias 8 e 9 de dezembro, no Auditório do Campus do Palmarejo.  

montagem I conf areas protegidas

A abertura do evento contou com presença da docente Professora Doutora Celeste Benchimol, o Diretor Nacional do Ambiente, Dr. Alexandre Nevsk Rodrigues, a Dra. Ilaria Carnivali, Represente Adjunta do Programa das Nações Unidas em Cabo Verde, a Professora Doutora Vladia Pinto da Universidade Federal do Ceará, Coordenadora do Programa de Mobilidade Internacional da CAPES, e a Pró-reitora para a Pós-graduação e Investigação, Professora Doutora Sónia Silva.

"Cabo Verde não foge às ameaças e aos impactos negativos na biodiversidade local enquanto país insular oceânico, localizado na zona do Sahel. Com uma Biodiversidade muito variada, mas limitada em biomassa e muito específica, os ecossistemas e as comunidades que a constituem possuem uma alta fragilidade. Isto é, os índices de recuperação das componentes ecológicas são lentos e consequentemente de difícil restituição. Com isso quero frisar a dupla ou tripla conotação do impacto negativo das ações provenientes da atividade humana", apontou a Represente Adjunta do Programa das Nações Unidas em Cabo Verde.

"Essa parceria tem permitido contribuir com troca de experiências no sentido de levantar, e discutir soluções nas questões ambientais, sociais e econômicas e do desenvolvimento sustentável", afirmou a Coordenadora do Programa de Mobilidade Internacional da CAPES as bolsas de mobilidade internacional proporcionadas pela CAPES, que têm possibilitado a troca de docentes e estudantes de Cabo Verde e Brasil entre as universidades e por conseguinte permitido uma grande troca de conhecimentos.

"A Gestão das áreas protegidas é uma temática atual e pertinente em Cabo Verde, uma vez que o país apresenta determinadas fragilidades ambientais, nomeadamente espaços geográficos claramente reconhecidos com valores climáticos, paisagísticos, biológicos, geológicos e culturais", salientou a Pró-reitora.

O evento decorreu de 8 a 9 de dezembro e abordou as realidades de diferentes ilhas de Cabo Verde e o estado federal do Ceará, no Brasil, com os temas: "Sistema de Áreas Protegidas de Cabo Verde e Brasil", "Experiência das Áreas Protegidas", "Desafios da Gestão de Áreas Protegidas em Cabo Verde", entre outros, reunindo especialistas sobre o tema da academia, da Universidade Federal do Ceará e da Direção Nacional do Ambiente.

 

Uni-CV realiza I Conferência Internacional sobre Gestão de Áreas Protegidas

1ª conferencia Gestao de Areas Protegidas

A Universidade de Cabo Verde, em parceria com a Direção Geral do Ambiente, o Programa Regional de Conservação Marinha e Costeira (PRCM) e a Universidade Federal do Ceará - UFC, vai acolher a “I Conferência Internacional sobre Gestão de Áreas Protegidas”, a ter lugar nos dias 8 e 9 de dezembro de 2016, no Auditório do Campus do Palmarejo, na Cidade da Praia. A conferência terá início às 9 horas.

O evento vai abordar temas como "Sistema de Áreas Protegidas de Cabo Verde e Brasil", "Experiência das Áreas Protegidas em Cabo Verde", "Desafios da Gestão de Áreas Protegidas em Cabo Verde", entre outros, reunindo especialistas sobre o tema da academia, da Universidade Federal do Ceará e da Direção Nacional do Ambiente.

A Convenção sobre Diversidade Biológica – CDB, estabelecida em 1992 e assinada por 168 países, reconheceu as Áreas Protegidas como instrumento privilegiado de conservação e valorização de Biodiversidade, levando a um esforço mundial na criação e gestão de Áreas Protegidas. A instituição do Sistema Nacional de Unidades de Conservação no Brasil, em 2000, e da Rede Nacional de Áreas Protegidas de Cabo Verde, em 2003, foram marcos institucionais no sentido de consolidar as estratégias nacionais de Biodiversidade.

Enquadrado nas atividades da Plataforma do PRCM em Cabo Verde, coordenadas pela Uni-CV, o evento apresentará o avanço de estado da arte sobre as Áreas Protegidas de Cabo Verde e do Estado do Ceará, Brasil, numa perspectiva de gestão, valorização e desafios.

Conheça o programa aqui.

Pin It