montagem euricide lancamento

A professora Eurídice Monteiro lançou o livro intitulado "Entre os Senhores das Ilhas e as Descontentes: Identidade, Classe e Género na Estruturação do Campo Político em Cabo Verde", editado pelas Edições Uni-CV, no Auditório do Palmarejo da Universidade de Cabo Verde com a apresentação do renomado sociólogo Boaventura Sousa Santos e da ativista social Ema Barros. A cerimónia contou com a presença de representantes das instituições do país, políticos, músicos e da comunidade académica. O livro mereceu fortes elogios do apresentador e também orientador do trabalho que resultou da tese de doutoramento da autora.

A sala do auditório do Campus do Palmarejo esteve cheia de personalidades cabo-verdianas, a equipa reitoral da Uni-CV, professores, jornalistas, instituições representadas, estudantes e curiosos. O evento iniciou-se com as boas-vindas da Reitora da Uni-CV, a professora doutora Judite Medina do Nascimento, num evento que foi apresentado pela diretora das Edições Uni-CV, a doutora Elizabeth Coutinho.

Boaventura Sousa Santos elogiou a obra, da qual foi orientador da tese do doutoramento. Este sociólogo deixou transparecer o orgulho pela autora como estudante, investigadora e cientista social: “Uma das investigadoras que eu tenho orgulho e que dará uma grande contribuição para a Universidade de Cabo Verde”, disse, acrescentando “ela tem uma preocupação notória com a ‘ciência cidadã’ e não perde de vista a responsabilidade social”.

Boaventura Sousa Santos revelou de forma sucinta que o livro ora apresentado trouxe algumas questões à tona de forma crítica, aberta, polémica, problematizando as questões do género na sociedade cabo-verdiana: “Esta luta das mulheres é uma luta de todos nós e a Eurídice tem vindo a dar uma contribuição muito grande nesta matéria”.
Reconheceu também a novidade da obra no que tange a questões do Pós-colonialismo.

O livro aborda as questões dos poderes, os mecanismos de domínios e os processos de emancipação social. Também analisa a realidade com uma visão prospetiva da presença das mulheres na dinâmica do sistema democrático.

Ema Barros, Ativista social e arquiteta da Câmara Municipal da Praia, fez uma apresentação teórica com o intuito de resumir os principais pontos da obra. A mesma afirmou que os conceitos como a mestiçagem, nação crioula, a fragmentação, as identidades, são temas intensamente discutidos na obra, tal como o Sexismo, o Racismo e o Classicismo.

A apresentação terminou com a intervenção da autora, a professora doutora Eurídice Monteiro, que enquadrou as razões que a levaram a realizar o estudo que culminou na obra publicada.

A obra constitui o 6º volume da Coleção Sociedade, das Edições Uni-CV. A coleção foi iniciada em 2009 com o objetivo de ser um meio de divulgação de trabalhos científicos na área das Ciências Sociais e Humanas sobre temas ligados a diferentes aspetos da realidade cabo-verdiana.

Conheça as edições anteriores:

“Mulheres, Democracia e Desafios Pós-Coloniais: uma análise da participação política das mulheres em Cabo Verde”, da autoria de Eurídice Monteiro (vol.1);

“Políticas de Saúde em Cabo Verde na década de 1980-1990: Experiência de construção de um sistema nacional de Saúde” de António Pedro Delgado (vol.2);

“Discursos Linguísticos e Realidades nas Salas de Aulas. Vencendo a Luta pelo Controlo”, de João Rosa (vol.3);

“As Mulheres em Cabo Verde: Experiências e Perspetivas”, organizado por Carmelita Silva e Celeste Fortes (vol.4);

“Tão Longe, Tão Perto, Famílias e Movimentos na ilha da Boavista de Cabo Verde”, de Andréa de Souza Lobo (vol. 5).

 

Anilton Carvalho

 

 

 

Cartaz Lancamento livro Euridice Monteiro

As Edições Uni-CV vão lançar o livro "Entre os Senhores das Ilhas e as descontentes: Identidade, Classe e Género na Estruturação do Campo Político em Cabo Verde", da docente da Universidade de Cabo Verde, a professora doutora Eurídice Monteiro. O evento realiza-se na próxima terça-feira, dia 12 de Maio, às 16h, no auditório do Campus do Palmarejo, na cidade da Praia.

A obra, que resulta da investigação dedicada à tese de doutoramento da docente, será apresentada pelo professor doutor Boaventura Sousa Santos, Professor Catedrático Jubilado da Faculdade de Economia da Universidade de Coimbra. A ativista social, a Arquiteta Ema Barros, também vai participar da apresentação da obra, apontando a pertinência da mesma no contexto da realidade social de Cabo Verde.

Este livro apresenta uma análise do exercício do poder em Cabo Verde e a forma como as representações culturalistas se infiltram no universo político. Estabelece um exercício dialógico entre sociedade, cultura e política neste Estado insular da costa ocidental africana, recorrendo tanto à revisitação de uma série de textos ensaísticos e literários, desde o movimento claridoso dos anos de 1936-1960 ao novíssimo movimento de crioulidade, como à observação da dinâmica política contemporânea. Com base no manancial teórico e empírico, a autora focaliza o olhar na articulação crítica entre identidade, classe e género para examinar o longo caminho da luta pela cidadania no arquipélago e, em particular, o dilema da participação das mulheres na esfera política em democracia.

Eurídice Monteiro é professora da Universidade de Cabo Verde. Galardoada com o “Prémio Nacional dos Direitos Humanos 2007”. Além de já ter diversos artigos científicos publicados em revistas especializadas e em coletâneas, é também autora do livro “Mulheres, Democracia e Desafios Pós-coloniais: Uma Análise da Participação Política das Mulheres em Cabo Verde”, publicada em livro, em 2009, pelas Edições UNICV.

Pin It