Cerimónia de Homenagem pela atribuição do nome "Monte Mota Gomes"

cartaz-MGomes_unicv.jpg

 

No próximo dia 18 de fevereiro de 2022, sexta-feira, pelas 16h00, o auditório n.º 102-E8, da Universidade de Cabo Verde, Campus de Palmarejo Grande vai ser palco de uma cerimónia de homenagem ao ilustre Professor Doutor Alberto da Mota Gomes, na reforma, que se destacou pelo reconhecido percurso, distintas contribuições técnico-científicas e académicas, no domínio das Geociências. O ato será promovido pela Associação Nacional de Professores/Investigadores de Geociências, em colaboração com a Câmara Municipal de Santa Catarina do Fogo, a Universidade de Cabo Verde, a Agência Nacional de Águas e Saneamento e o Instituto Nacional de Gestão do Território.

Alberto da Mota Gomes, licenciou-se em Ciências Geológicas na Universidade de Coimbra, fez o mestrado em Águas Subterrâneas e o Doutoramento em Geociências pela Universidade do Aveiro, Portugal, com a tese intitulada “Hidrogeologia e Recursos Hídricos da Ilha de Santiago (Cabo Verde)”.

No seu longo percurso profissional, este exímio geólogo cabo-verdiano prestou ao país, um abnegado trabalho de mais de quatro décadas, nos domínios da Geologia e Recursos Hídricos de Cabo Verde, tendo estado inclusive à frente de instituições como, a Brigada das Águas Subterrâneas na Junta de Recursos Hídricos, Instituto Nacional de Gestão dos Recursos Hídricos, Escola de Formação de Professores e, posteriormente, Instituto Superior de Educação/Universidade de Cabo Verde.

Por conseguinte foi no eclodir da penúltima erupção vulcânica de 1995, na ilha do Fogo, que a sua notoriedade se viu ainda mais reforçada, tendo sido nomeado para chefiar a equipa de Seguimento da Erupção, da qual resultou um número muito elevado de artigos científicos. Um dos aspetos geomorfológicos mais significativos durante a erupção de 1995 foi a edificação do Pico Novo a que a população do Fogo designou de Monte Mota Gomes, em reconhecimento pela sua entrega e contribuição. Um reconhecimento, em vida, que há muito se ambicionava e que hoje se torna uma realidade.

O ato central contará com a presença das entidades representantes das instituições dinamizadoras desse galardão, familiares próximos e quadros formados nessa área e afins. Será projetado um documentário sobre a vida do homenageado, assim como atribuição de insígnia.