Uni-CV_e_a_Universidade_de_La_Laguna_vão_promover_Mestrado_em_Energia_Renováveis.jpg

A Universidade de Cabo Verde (Uni-CV) reforçou esta quarta-feira (16) os laços de colaboração com a Universidade de La Laguna (ULL), com a assinatura do Memorando de Entendimento específico para a realização de um mestrado interuniversitário em Energia Renováveis.

Este protocolo – celebrado online, via plataforma Meet, na véspera do Dia Mundial de Combate à Desertificação (17 de junho) – veio reforçar um longo percurso de grande proximidade entre a Uni-CV e a ULL, com parcerias académicas e de formação, estágios e participações em eventos organizados pelas duas entidades nas diferentes temáticas, mas também veio materializar a criação do mestrado interuniversitário em Energia Renováveis. O mestrado confere diferentes áreas de especialização, entre elas, Tecnologia de Descarbonização Elétrica, Descarbonização Elétrica e de Combustíveis, e Regulação da Integração Energética em Sistemas Insulares e Países Emergentes. 

Para a Universidade La Laguna  “é um orgulho muito grande poder fazer parceria com a Universidade de Cabo Verde. Seguimos trabalhando neste sentido de estabelecer aliança e acredito que trabalhando juntos pode-se chegar mais rápido ao objetivo desejado”, frisa a Reitora da Universidade de La Laguna, Rosa Aguilar Chinea.

“Este protocolo acaba por reforçar não só a parceria com a Universidade La Laguna como também a parceria com Cabildo de Tenerife, um parceiro antigo que patrocinou o projeto de instalação dos primeiros laboratórios da Universidade de Cabo verde”, concluiu a Reitora da Uni-CV, Judite Medina do Nascimento.

A Universidade de La Laguna (ULL) é a instituição de ensino superior mais antiga das Ilhas Canárias e é possível traçar sua história há mais de 200 anos. O seu decreto de fundação, assinado pelo rei Carlos IV de Espanha, data de 11 de março de 1792. Desde essa data, sofreu alterações e foi conhecida por diferentes nomes até finalmente receber o nome atual em 1913.