No passado mês, abril de 2021, o docente e diretor dos Serviços Técnicos e de Informática da Universidade de Cabo Verde, Doutor Celestino Lopes de Barros, concluiu o doutoramento em Ciência e Tecnologia Web. O programa resulta de uma parceria entre a UAb e a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD).

A tese intitulada “Uma proposta de escalonamento de tarefas, sensível ao contexto de aplicações móveis no paradigma fog computing”, defendida em contexto de videoconferência, procura trazer contributos inovadores nas áreas de escalonamento de tarefas e computação distribuída. O autor propõe uma solução para o problema de escalonamento de pedidos sensíveis ao contexto para o paradigma fog, que minimiza os tempos de execução da aplicação e maximiza as suas prioridades. A solução proposta se enquadra no problema de escalonamento dos pedidos de execução de aplicações móveis, com parâmetros de contexto tridimensionais (níveis de bateria, intensidade de sinal da rede e QoS da aplicação). É utilizada a normalização Min-Max para resolver a heterogeneidade e normalizar os diferentes parâmetros de contexto.

 A prioridade de cada pedido é definida através da aplicação da técnica de análise de Regressão Linear Múltipla (RLM) e o seu escalonamento com vista a otimizar a QoE dos utilizadores, respeitando as várias restrições, é feito utilizando a técnica de Otimização de Programação Não Linear Multiobjetivo (MONLP). 

Os resultados experimentais, encontrados a partir de simulações no kit de ferramentas iFogSim, demonstram que a proposta de escalonamento sensível ao contexto e com intervalos de escalonamentos estáticos e dinâmicos apresentam um melhor desempenho em comparação com as propostas não sensíveis ao contexto (FCFS, SJF e QoS-based), relativamente às métricas: percentagem de execução dos pedidos com sucesso, tempo de espera e Qualidade de experiência dos utilizadores.