comunicacao_aumentativa.jpgNo âmbito da Extensão Universitária e no contexto do plano de contingência da Covid-19, a Universidade de Cabo Verde, através da Faculdade de Educação e Desporto e do Centro de Investigação e Formação em Género e Família, realizou uma cerimónia de entrega de certificados aos docentes e participantes da formação de curta duração em Comunicação Aumentativa e Alternativa. O ato de entrega dos certificados aos 17 participantes ocorreu na quarta-feira, dia 4 de novembro, no Polo 3 da Uni-CV, em Santa Catarina de Santiago.

 

A formação, ministrada pela docente do Instituto Politécnico de Leiria, Célia Sousa, teve uma duração de 20 horas e foi dirigida a docentes e formandos da Universidade com sensibilidade para as necessidades educativas especiais, com vista a fazer face à lacuna comunicativa no seio de pessoas com deficiência em contexto de pandemia, onde a vida humana se encontra gravemente ameaçada e a prevenção se vislumbra como a principal forma de luta.

Assim, enquadrado nas atividades desta formação, foram produzidos e distribuídos materiais informativos sobre a prevenção da Covid-19, em pictogramas, que podem ser utilizados em escolas, pediatrias, delegacias de saúde, jardins-de-infância e organizações que lidam com crianças, jovens e adultos com deficiência.

A formação foi realizada em parceria com a Escola Superior de Educação e Ciências Sociais do Instituto Politécnico de Leiria e financiada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF) e pelo Fundo das Nações Unidas para a População (UNFPA).