docente unicv

Os docentes  e investigadores Arlindo Fortes, João Brito e Odair Barros-Varela, publicaram os seus artigos no livro “China and Portuguese-speaking Small Island States: From sporadic bilateral exchange to a comprehensive multilateral platform”, que resulta do Simpósio Internacional em 2019, organizado pela City University of Macau. Esta publicação dedicada aos Pequenos Estados Insulares de Língua Oficial Portuguesa ilumina as suas especificidades, decorrente da falta de estudos nesta área geográfica, nomeadamente do estudo das relações entre desenvolvimento e políticas públicas. Simultaneamente, carece-se de estudos sobre as relações diplomáticas bilaterais e multilaterais da China com os países de língua oficial portuguesa e o impacto dessas relações nos novos programas de desenvolvimento.

Os artigos desenvolvidos pelos respetivos professores são:

Professor Arlindo Fortes: Infrastructure, Irrigation, and Entrepreneurship: An Agenda setting of Agricultural Development on the National Policy in Cabo Verde

Partindo de um levantamento da agenda das políticas nacionais de Cabo Verde sobre o desenvolvimento agrícola desde 2000, o artigo avalia a quão alta prioridade foi assumida nos planos de desenvolvimento de Cabo Verde para facilitar a irrigação e infraestrutura e para encorajar o empreendedorismo. Empregando uma abordagem qualitativa, analisa-se aprofundadamente a economia política, tendo em conta os fatores contextuais em Cabo Verde. Procura-se demonstrar que o objetivo de transformar o desempenho do setor agrícola em Cabo Verde é impulsionado por imperativos de crescimento económico e desenvolvimento. Além disso, destaca-se que o desenvolvimento das infraestruturas iniciado pela ajuda chinesa alimentou a continuidade subsequente de investimento em infraestruturas.

Professor João Brito: Challenges and Development Opportunities of a Small Island State: Cabo Verde — Four Decades of Evolution & Transformation

Com recurso à uma metodologia de análise comparativa, avalia a evolução de vários indicadores económicos e sociais em Cabo Verde, no período 1975-2017, comparando com os dos seus pares africanos (Maurícias, Seychelles, Guiné-Bissau e São Tomé e Príncipe), para explorar os principais fatores que impulsionam/condicionam o crescimento económico de Cabo Verde. O estudo conclui que a economia cabo-verdiana apresenta grande dependência de capitais externos como o IDE, remessas e empréstimos. O turismo é a principal atividade económica. Apesar do crescimento considerável, o país continua a enfrentar grandes desafios, como falta de capital humano, baixa qualidade das infraestruturas, fraca ligação inter-ilhas, elevados custos de produção e pouca diversificação e inclusão no sector do turismo. Para melhorar o desempenho social e económico, é proposto a ligação das formações de capital humano às necessidades do mercado, diversificar o turismo e transformá-lo num setor mais inclusivo, identificar e incentivar produtos de nicho agrícola, pecuário e pesqueiro para diversificar o setor produtivo e melhorar as condições de vida da população, controlar a dívida pública, reduzir os custos dos fatores produtivos (água e energia elétrica) e melhorar sua produção. 

Professor Odair Barros-Varela: Relations between the “African Shark” and the “Asian Dragon”: A Reading on Chinese Economic and Commercial Diplomacy in Cabo Verde

O artigo utiliza a perspetiva das Relações Internacionais para discutir as relações entre Cabo Verde e a China desde 1975, altura em que o arquipélago conquistou a independência, até ao presente. Debruça-se sobre as principais ações e medidas decorrentes da política externa dos dois Estados, enquadrando-as no contexto mais amplo da diplomacia económica e comercial chinesa junto dos Pequenos Estados Insulares em Desenvolvimento de Língua Portuguesa. Defende-se que a estratégia da China de usar a diplomacia económica e comercial e o investimento para a conquista de aliados, nomeadamente Cabo Verde, demonstra de forma eficaz a sua pretensão de dominar o atual sistema mundial.

O livro terá o seu lançamento no dia 16 de Julho de 2021.