A Casa da Ciência da Praia recebeu mais de uma centena de materiais da multinacional farmacêutica Merck que foram montados por cerca de 20 voluntários da empresa, juntamente com estudantes do curso de Ciências Biológicas do 1º ano, professores e membros da Comissão de gestão da Casa da Ciência da Praia, neste sábado, dia 7 de janeiro.

montagem casa ciencia praia merck 1

A atividade decorreu no espaço da Escola Grande, onde se encontra a Casa da Ciência da Praia. A Reitora da Uni-CV, Professora Doutora Judite Medina do Nascimento, deu umas palavras de boas-vindas e apresentou a universidade aos voluntários da Merck. O seu discurso foi seguido pelo Diretor Geral da Merck Portugal, Dr. Bruno Wohlschlegel, que realçou a parceria e a vontade de continuar o trabalho conjunto.

montagem casa ciencia praia merck 2

O projeto da Casa da Ciência da Praia foi apresentado pela sua Diretora Científica, Professora Mara Aburaya: “Queremos que as escolas vejam a Casa da Ciência como um espaço das escolas.”

montagem casa ciencia praia merck 3

O evento contou com a presença da Vice-reitora para a Extensão Universitária, Professora Doutora Astrigilda Silveira, e elementos da Comissão de gestão da Casa da Ciência da Praia, o Diretor Administrativo, Engenheiro Adélio Moreno, e o docente Crispiniano Furtado. A Fundação Calouste Gulbenkian também esteve representada através do projeto Life in a Box.

casa ciencia merck 5 

“Esta universidade tem aproveitado o melhor dos recursos existentes” – Diretor Geral da Merck Portugal, Dr. Bruno Wohlschlegel
A multinacional farmacêutica esteve de passagem na Cidade da Praia, momento que aproveitou para demonstrar o seu apoio à Casa da Ciência e apreço pelo trabalho realizado pela Uni-CV.

Uni-CV: O que significa para a Merck esta parceria com a Casa da Ciência da Praia?
Dr. Bruno Wohlschlegel: O nosso objetivo é usar a ciência e a tecnologia para melhorar a vida dos nossos clientes. Neste exemplo específico de Cabo verde, vemos de imediato o impacto da ciência como ajuda no desenvolvimento social e ambiental. Portanto o apoio que damos vai reproduzir-se de forma muito direta junto dos estudantes e professores que visitarem a Casa da Ciência.

Uni-CV: Como consideram que estes materiais poderão apoiar no desenvolvimento deste projeto?
BW: Pessoalmente eu acredito que existem três línguas universais: arte, música e ciência. Quando podemos apoiar na motivação e interesse dos alunos para a ciência, estamos a possibilitar que eles venham no futuro a usar a ciência e tecnologia para trabalhar e promover o desenvolvimento de Cabo Verde. Portanto isso é um grande objetivo alcançado para nós.

Uni-CV: Já conhecia o trabalho da Universidade de Cabo Verde?
BW: Como empresa, estamos envolvidos num programa de graduação que apoia jovens cientistas de Cabo Verde e de outros PALOP para aprender ciência em outros países como Portugal e Brasil, a partir desse projeto fui conhecendo alguns estudantes da Universidade de Cabo Verde. O primeiro contacto que tive com a universidade foi em 2015.

Uni-CV: O que considera do trabalho da única universidade pública de Cabo Verde?
BW: Eu acredito profundamente que o engajamento e o nível de profissionalismo que vi nos laboratórios que visitei e a energia que as pessoas têm é um grande exemplo de como maximizar o potencial dos recursos existentes. Isto é algo com que nós podemos aprender muito na Europa, porque temos muitos recursos, mas muitas vezes não os usamos de forma adequada. Esta universidade tem aproveitado o melhor dos recursos existentes e este é um grande exemplo de como usar as coisas da melhor forma.

 

montagem equipamentos casa ciencia merck

A farmacêutica multinacional alemã Merck financiou e vai instalar mais de uma centena de equipamentos na Casa da Ciência da Praia da Universidade de Cabo Verde, no seu espaço na Escola Grande, no Plateau, este sábado, dia 7 de janeiro. As atividades vão decorrer entre as 14h e as 17h30 a iniciar-se com a apresentação da Casa da Ciência da Praia e do Mindelo pela sua Comissão de Gestão.

A farmacêutica disponibilizou 25 voluntários para se deslocarem a Cabo Verde e poderem apoiar na montagem e instalação dos equipamentos.

Os instrumentos vão equipar os Laboratórios de Química, Biologia, Geologia, Matemática e Doing, além de também serem fornecidos materiais de papelaria para a Casa da Ciência da Praia.

Entre os equipamentos de escritório encontram-se secretárias, armários, consumíveis e uma impressora, além dos de laboratório que integram microscópios, tubos de teste, computadores, entre muitos outros.

Os equipamentos vão permitir a realização das atividades propostas pela Casa da Ciência da Praia que correspondem a mais de 20 ações direcionadas para as turmas do 8º ao 12º ano dos ensinos básico e secundário e que pretendem tomar lugar no ano de 2017.

A Universidade de Cabo Verde recebeu a doação da Casa da Ciência da Praia pelo Ministério da Educação, Família e Inclusão Social, no dia 5 de agosto de 2016. Desde então têm sido promovidas diversas ações no espaço e nas escolas junto do seu público-alvo do ensinos básico e secundário.

A farmacêutica Merck, como parceira da Casa da Ciência da Praia, é uma multinacional com 125 anos de experiência no mercado da saúde, que decidiu apoiar este projeto inovador de divulgação de conhecimento da Universidade de Cabo Verde.

Pin It