DSC07419

A “Gestão da Biodiversidade em Cabo Verde através dos Digital GeoMedia para a ciência e sociedade civil”(inglês: Biodiversity Management in Cape Verde via digital geomedia for science and civil society) é um Projecto que está a ser desenvolvido em parceria entre a Uni-CV, a Goethe Universitat e a Philipps Universitat Marburg, e é financiado pela German Academic Exchange Service (DAAD), entidade financeira que subsidia projectos e programas de cooperação internacional.
A apresentação ao público, que teve lugar ontem no Auditório da Reitoria, esteve a cargo de docentes e estudantes das três universidades envolvidos neste intercâmbio. A motivar esta parceria está o facto de que existe uma evidente necessidade de implementar um sistema de monitorização da biodiversidade sustentável em Cabo Verde. É que apesar das iniciativas na educação e ensino superior e a nível do governo de Cabo Verde, ainda persistem algumas lacunas que este programa virá resolver no sentido de sistematizar o monitoramento da biodiversidade junto da sociedade científica e civil.
Com os investigadores docentes e discentes das três universidades, vai-se implementar uma base de monitorização da biodiversidade que requer um mapeamento ecológico detalhado. Uma possível solução é um sistema de informação suportado pelas técnicas da detecção remota integrando dados de satélite e do terreno, que fornece um conjunto consistente de dados para avaliação da biodiversidade. Além disso, um sistema de informação baseado na web abre a possibilidade de usar o sistema quer para fins científicos, quer para a formação da sociedade em geral.
O objetivo geral desta parceria por disciplina é desenvolver um sistema participativo de informações sobre a Biodiversidade (BIS), envolvendo docentes e discentes das Unidades Orgânicas DECM, DCT e DCSH constituindo-se como um corpo de conhecimento a ser direcionado para o desenvolvimento da ciência e participado pela sociedade civil em Cabo Verde.
Os encontros na Universidade na Praia começaram ontem e prolongam-se ao longo do dia de hoje. Em debate estão temas como “Investigação sobre a biodiversidade em Cabo Verde”, “Biodiversidade e educação em Cabo Verde”.
Amanhã o grupo constituido por professores e estudantes das três universidades ruma à ilha do Fogo onde vão permanecer durante seis dias para conhecerem no terreno a biodiversidade local, em especial a do Parque Natural de Chã das Caldeiras.

Texto: Gabinete da Reitora

DSC07423
Pin It