Assinatura-de-protocolo-UNICV-ACL

A Universidade de Cabo Verde e a Academia Cabo-verdiana de Letras (ACL) vão colaborar na divulgação da literatura nacional. O protocolo foi assinado pela Reitora da Universidade, Judite Nascimento, e pelo presidente da associação, Corsino Fortes, no dia 31 de Outubro, no Auditório da Biblioteca Nacional.
A Uni-CV e a ACL dão assim o primeiro passo para promover uma parceria literária no espaço da universidade. As suas actividades vão ter como objectivo a preservação da memória e do legado dos escritores cabo-verdianos, tal como o desenvolvimento e divulgação da produção literária nacional.
Na agenda de eventos vão ser colocados temas de debate em palestras e seminários, cursos de escrita criativa, exposição e venda de livros de autores nacionais, edição conjunta de obras nacionais, realização de cursos e trabalhos de investigação sobre temas literários, divulgação de obras, intercâmbio e produção de documentos e publicações científicas.
"Este é um marco na agenda de cooperação, significa um passo no sentido desse grande projecto que se está a desenvolver no domínio das línguas, literaturas e cultura cabo-verdiana", afirmou ao público presente Judite Nascimento, Reitora da Universidade de Cabo Verde.
O acordo prevê também a possibilidade de a ACL apadrinhar um dos alunos da Universidade de Cabo Verde. Este protocolo tem uma duração de três anos, em que as duas entidades esperam construir um legado de conhecimento com base na produção literária nacional.
O evento, que também se destinou a comemorar o primeiro aniversário da ACL, esteve dedicado à música com as vozes de Tété e Sara Alhinho, o coro de Lúcia Cardoso, entre outros.

Pin It