mensagem unesco

Ensino científico de qualidade: assegurar um futuro sustentável para todos

Mais do que nunca, nesta nova era de recursos limitados, necessitamos de estimular a energia e a criatividade de jovens mulheres e homens a fim de lidarem com novos desafios. Uma ciência educativa de qualidade é vital para isso, de forma a criar as bases de um futuro mais sustentável para todos.

Hoje, necessitamos de uma ação concertada para parar a diminuição de inscrições de jovens em disciplinas científicas, começando desde logo junto dos mais novos. Integrar as ciências nos programas escolares não é suficiente: é necessário criar um ambiente favorável na elaboração de políticas educativas que assegurem a igualdade de acesso no ensino de raparigas e rapazes e investir em laboratórios e estruturas onde possam tomar a iniciativa. Devemos reconhecer a importância dos saberes tradicionais e autóctones, bem como também tirar partido das novas tecnologias de informação e comunicação para estimular a inovação e a criatividade. Tudo isto é essencial para favorecer um crescimento mais equitativo e inclusivo e melhorar as oportunidades de emprego e de empreendorismo, para além de reforçar a resiliência e a robustez da sociedade.

Com este fim, a UNESCO está a trabalhar para integrar as Ciências, a Tecnologia, a Engenharia e a Matemática (STEM) nas políticas de desenvolvimento e de educação de países como a Tanzânia, o Quénia, a Nigéria e as Seychelles. Em setembro, lançámos o “Global STEM Allliance” com a Academia das Ciências de Nova Iorque, para criar parcerias entre os governos, as Nações Unidas, o setor privado e as universidades em torno de uma questão que está no coração de todos os esforços para construir um futuro sustentável. Jovens raparigas e mulheres têm um especial enfoque na ação da UNESCO, no quadro do Programa L’ÓREAL – UNESCO para as Mulheres e a Ciência, que visa inspirar e apoiar as jovens e a mulheres a abraçarem carreiras científicas, ou através do “UNESCO Global Partnership for Girl’s and Women’s Education”.

Necessitamos de novas alianças para levar por diante a nossa visão – através do sistema das Nações Unidas, com os Estados Membros, com e entre as sociedades. É por esta razão, que no Dia Mundial da Ciência ao serviço da Paz e do Desenvolvimento, a UNESCO lança, em parceria com o Laboratório da Roche e a edição “Nature Education”, a Biblioteca Mundial de Ciência da UNESCO – um recurso online gratuito para aprendizagem científica, a qual contem centenas de artigos avaliados cientificamente, usando textos, imagens, ilustrações e vídeos para ajudar a compreender os conceitos científicos.

A qualidade da educação científica é um pilar para um futuro mais sustentável – necessitamos de investir nesta, de forma a capacitar cada mulher e cada homem, para catalizar a inovação e a criatividade que necessitamos para este novo século. Esta é a mensagem UNESCO de hoje.

Irina Bokova

Pin It