Apresentação
 

As Olimpíadas de Matemática em Cabo Verde, ainda que tenham uma história relativamente curta, se comparada, por exemplo, com o percurso feito pelos países europeus de “tradição matemática competitiva”, pode dizer-se, porém, que têm uma especificidade própria.

Tudo terá começado a partir da implementação da ideia trazida pelas Professoras Natália Furtado e Tetyana Gonçalves da Ucrânia em 1995, onde essa competição, no quadro da ex-URSS, contava já com mais de seis décadas de existência. A ideia de realização das OM em Cabo Verde apresentou-se-nos então enquanto uma “arma de combate”, após termos sido confrontadas, no ano seguinte, com a realidade do país, que apresentava um quadro de reprovação relativamente acentuada e um certo desestimulo por parte dos alunos em relação à esta belíssima disciplina.

Foi neste contexto de procura de caminhos e de soluções para o problema, que a ideia foi discutida, amadurecida e seguidamente apresentada pela autora à Profª Maria das Dores Morais, quem teve a sagacidade de apreciá-la e perscrutar a sua importância, tendo decidido de imediato em apoiar a sua concretização, ajudando tanto na conceção como na execução do projeto das OM, que posteriormente viria a ser absorto pelo Centro de Matemática do já extinto Instituto Superior de Educação (ISE) nos idos anos de 1999.

Por conseguinte, as primeiras Olimpíadas de Matemática foram realizadas em Cabo Verde no ano letivo 2000/2001, sob o escopo da declaração do ano 2000 como o “Ano Internacional da Matemática”, promovido pela União Internacional dos Matemáticos (UIM)1, do mesmo modo como o ano de 2005 viria a ser declarado o “Ano Internacional da Física”, em memória das descobertas de Albert Einstein; 2009 – o “Ano Internacional da Biologia,” em memória de Darwing; 2010 – o “Ano Internacional da História”, 2011 – o “Ano Internacional da Química” e 2013 – “Ano de Matemática do Planeta Terra2.”

Os principais objetivos das Olimpíadas de Matemática foram e continuam sendo:

- Incentivar e desenvolver o gosto pela Matemática;
- Aprofundar os conhecimentos adquiridos na sala de aula e aplicá-los na resolução de problemas não estandardizados;
- Descobrir novos talentos.

E, dentro das suas responsabilidades, (direta ou indiretamente): Combater o problema à volta do insucesso nessa disciplina, criando uma dinâmica de intercâmbio e de convívio entre os alunos das escolas Secundárias do País.

O Centro de Matemática do Departamento de Ciência e Tecnologia do ex-ISE desde 1999 preparou e realizou, por etapas, as 1as Olimpíadas de Matemática em Cabo Verde, destinadas aos alunos pré-universitários, particularmente do Ensino Secundário. O grupo de trabalho (constituído pelos professores do Centro de Matemática do ex-ISE e por alguns professores de matemática de Escolas Secundárias da ilha de Santiago) decidiu que as Olimpíadas seriam realizadas para três categorias, a saber: A, B e C, correspondentes, respetivamente, a 7º - 8º, 9º - 10º e 11º - 12º anos de escolaridade e que estas realizar-se-iam em duas eliminatórias e numa Final Nacional.

Para o efeito, foram elaborados documentos que servissem de instrumento e regulamentassem o processo: “Regulamento das Olimpíadas de Matemática” (versão provisória), “Normas para participação das Escolas” e “Boletim de Inscrição”, onde cada escola indicava livremente as categorias em que se inscrevia e o respetivo responsável ao nível da escola, respeitando o princípio de democraticidade.


 

  • As 1as Olimpíadas de Matemática foram realizadas no ano letivo 2000-2001;
  • As 2as Olimpíadas de Matemática foram realizadas no ano 2004;
  • As 3as Olimpíadas de Matemática foram realizadas no ano 2009 no âmbito do projecto Amílcar Cabral – Programa Linguagem das Letras e dos Números (Brasil – Cabo Verde);
  • As 4as Olimpíadas de Matemática foram realizadas no ano letivo 2010-2011;
  • As 5as Olimpíadas de Matemática foram realizadas no ano letivo 2011-2012;
  • As 6as Olimpíadas de Matemática foram realizadas no ano letivo 2012-2013.
  • As 7as Olimpíadas de Matemática foram realizadas no ano letivo 2013-2014.

 

Presidente da Comissão Organizadora

  • Natália V. K. Dias Furtado

_____________________________

1: Foi no Rio de Janeiro (Brasil), que em 6 de Maio de 1992, a União Internacional dos Matemáticos (UIM) declarou que o ano 2000 seria o ano Mundial da Matemática. A Declaração do Rio definiu na ocasião três objetivos a alcançar, a breve trecho: a) Os grandes desafios do século 21; b) Matemática uma chave para o Desenvolvimento e c) A imagem da Matemática.
2: Foi durante o Congresso Internacional de Matemática de 2010, na Índia, que Christiane Rousseau (Montreal) lançou o desafio Matemática do Planeta Terra 2013. 

Pin It