Núcleo de Apoio ao Ensino a Distância
 
nucleo

A sua conceção está voltada para a promoção e difusão das Tecnologias de informação e Comunicação aplicadas à Educação e do ensino a distância na Universidade de Cabo Verde assim como facilitar o desenvolvimento de competências científicas, tecnológicas e pedagógicas que permitam implementar programas e projetos apoiados na utilização de novas tecnologias digitais.

 

 

Objetivos

  • Promover a difusão das llCE (Tecnologias de informação e Comunicação aplicadas à Educação) e da educação a distância na Universidade de Cabo Verde;
  • Desenvolver competências científicas, tecnológicas e pedagógicas que permitam implementar programas e projetos de ensino e formação suportados nas TICE;
  • Definir, acompanhar e avaliar a implementação de políticas e diretrizes para a integração de inovações tecnológicas e pedagógicas na prática docente, tendo como suporte as TICE e a Internet;
  • Promover o desenvolvimento, a gestão e a animação de comunidades virtuais de aprendizagem, com destaque para a implementação dos apoios à formação on-line;
  • Assegurar o desenvolvimento de um sistema de educação on-line e a distância pautado por elevados padrões de qualidade, aferidos mediante a recolha sistemática de indicadores sobre os processos e resultados da formação;
  • Promover e difundir estudos científicos e técnicos que visem a implementação de metodologias e práticas pedagógicas aprendizagem por pesquisa em contexto de formação a distância;
  • Promover a emergência e a consolidação, no seio da Uni-CV, de uma cultura académica fortemente alicerçado na mediação pedagógica com base nas TICE e nos processos e métodos de ensino a distância, tendo em vista o alargamento dos espaços e oportunidades de formação e a institucionalização de práticas alterativas, abertas e flexíveis de atendimento às necessidades e expectativas de qualificação dos diversos segmentos populacionais;
  • Desenvolver relações de colaboração -estratégica e operacional com outras entidades, nacionais e estrangeiras, interessadas na promoção da EaD na Uni-CV, tanto em termos de procura como de oferta de cursos e outras atividades de formação, inicial e continua, a distância;
  • Prestar assistência técnica, tecnológica e multimédia, em matéria de políticas, tecnologias, metodologias e técnicas de ensino ou formação a distância;
  • Promover a integração da Uni-CV em redes regionais e internacionais virtuais e o acesso a bibliotecas virtuais;
  • Desenvolver intercâmbios científicos, no âmbito do EaD, com universidades e outras instituições de referência na área;
  • Participar na conceção e implementação de mecanismos de certificação e creditação dos cursos ministrado com suporte nas Tecnologias de Informação e Comunicação aplicadas à Educação (TICE);
Centro FOADeL
 

Projecto Multinacional UVA – Universidade Virtual Africana

O Projeto UVA tem a sua sede em Nairobi no Quénia e o escritório regional em Dakar. É uma organização Pan-africana e a sua visão é ser o Primeiro Projeto Pan-africano de Formação Aberta, à Distância e de eLearning (FOADeL).

A sua missão é de facilitar a utilização eficaz dos métodos de Ensino Aberto, a Distância e de eLearning nas instituições africanas de ensino superior.

Este projeto contempla as Áreas de Ciências e Tecnologia no Ensino Superior e eLearning.

O objetivo principal do projeto é reforço das capacidades da Universidade Virtual Africana - UVA e das instituições coordenadas pelo mesmo e gerir a qualidade programas académicos, com um acento particular posto sobre as novas tecnologias de Informação e Comunicação (TIC).

O referido projeto conta com as seguintes componentes:

  • A criação de Centros FOADeL e a sua conectividade às Instituições Parceiras da UVA;
  • O Programa de Formação e dos Docentes;
  •  A integração das questões de género em todas as atividades do UVA.

A Fase I do projeto iniciou-se em Março de 2005 e terminou em Fevereiro de 2011. Os países e universidades que beneficiaram da primeira fase do projeto são: A Universidade Jimma d'Éthiopie, a Universidade de Nairobi no Kenya, a Universidade d'Antananarivo de Madagascar, a Universidade Cheikh Anta Diop do Sénégal, a Universidade Pedagogica de Mozambique, a Universidade de Amoud, a Universidade East Africain, a Universidade Hargisa da Somalie, a Open University de Tanzanie, a Universidade Kyambogo do Ouganda, a Universidade da Zambia e a Universidade do Zimbabwe.

A Fase II do Projeto Multinacional UVA –Universidade Virtual Africana - Esta fase do projeto contempla também as Áreas de Ciências e Tecnologia no Ensino Superior e eLearning. Foi aprovado em Fevereiro de 2011. É um projeto Multinacional financiado pelo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) e em parte pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD), está a ser implementado em 10 países que atingiram resultados remarcáveis e que servem hoje de base para o reforço destes resultados e para a extensão dos benefícios do projeto a 21 países.

A Fase II do projeto apoiar-se-á nos ganhos realizados na fase I e vai continuar a reforçar as capacidades das Instituições Parceiras fundamentais, no sentido de oferecerem programas de qualidade, flexíveis, pertinentes e abordáveis nas disciplinas de matemática e das ciências, com acento particular na integração das TIC. Este objetivo será atingido através dos seguintes atividades:

  • Criação de Centros Abertos de Formação à distância e em eLerning (FOADeL) - Esta atividade consistirá na criação de Novos Centros Abertos de Formação a Distância e em eLearning (FOADeL) nas Instituições Parceiras selecionadas. Estas devem por à disposição um espaço e um local para acolher o centro FOADeL e destinar pessoal que receberá formação para gerir o centro. O Projeto vai financiar os equipamentos necessários e a conexão à internet. Os equipamentos são os seguintes: o mobiliário, equipamentos eletrónicos (alimentação de segurança, infraestrutura de rede local), equipamento audiovisual, aplicações informáticas, Sistema de Gestão de Aprendizagem, as instalações de videoconferência e conetividade.
  • A Modernização dos antigos Centros de aprendizagem do l’UVA - Algumas instituições, tem centros de aprendizagem que foram postas a funcionar entre 1997 e 2005. O projeto visa modernizar os centros em conformidade com os novos modelos do Centro FOADeL do projeto UVA. Do mesmo modo que nestes centros, a Instituição Parceira fornece o pessoal para gerir o centro. O projeto permitirá pois modernizar o equipamento e o mobiliário assim como a conectividade.
  • Os Centros FOADeL e os centros de aprendizagem UVA servirão de núcleos no país para a elaboração de Programas de Formação Aberta, a Distancia e de eLearning e como lugar de formação de membros do pessoal na utilização das TIC, no desenvolvimento, envio e gestão de programas. Constituirão também a possibilidade de enviar programas institucionais atuais e futuros e permitirão ao pessoal efetuar pesquisas e participar em trabalhos colaborativos no FOADeL através de redes profissionais estabelecidas. Foram também concebidos para terem visibilidade a longo termo e para gerar fundos graças à implementação de programas de formação de curta duração.
  • Formação de pessoal académico das universidades via Programa de Reforço das Capacidades do Projecto UVA (PRECA) - O PRECA é uma iniciativa que visa permitir às Instituições Parceiras (IPs) do Projecto UVA conceber, desenvolver, enviar e gerir seus programas de Formação Aberta, a Distância e de eLearning. Este programa é enviado através da implementação de uma série de atelier’s e de programas de Desenvolvimento Profissional em linha.
  • Extensão e implementação do programa atual de Formação de docentes de Matemática e Ciências. O Programa de formação de docentes da fase 1 será estendido a outros países além dos 10 primeiros que aderiram. Este programa tem a finalidade de levar à utilização dasTIC através do curriculum, com tónica particular no ensino das matemáticas e ciências (Biologia, Química e Física). O seu principal objetivo é melhorar a qualidade do ensino e da aprendizagem das matemáticas e das ciências através da utilização das TIC, aumentar o número de professores de matemática e das ciências de competências de base nas TIC, alargando o acesso à formação pela utilização de metodologias da FOADeL; pretende também promover o acesso à integração regional através de interações entre universidades de diferentes países com fundos do projeto em causa.

Capacitação

Manuais e Tutoriais

Sistemas

Vídeos

Parceiros
 

Materiais de Apoio
 

Contactos