Calendário de eventos

Flat View
Por ano
Vista mensal
Por mês
Weekly View
Por semana
Daily View
Hoje
Categories
Por categorias
Search
Pesquisar
Descarregar como ficheiro ICAL
Uni-CV debate sobre festas “Nhu Santo Amaro a património cultural nacional”

Coordenação do curso de História da Universidade de Cabo Verde vai colocar em debate o tema “Festas de Nhu Santo Amaro a Património Cultural Nacional” esta terça-feira, dia 28 de Abril, às 17:30h, no auditório do Campus do Palmarejo. O ato também vai assinalar o 98º Aniversário da fundação do Concelho do Tarrafal de Santiago (25/04/1917 - 25/04/2015). Como conferencistas teremos, o Dr. Hamilton Fernandes (coordenador do Projeto) e moderador, o Prof. Lourenço Gomes (Coordenador de História e GPC).

A conferência é uma oportunidade para se discutir a problemática da proteção de bens intangíveis de excecional valor para um povo. Neste caso, reporta-se ao património cultural imaterial, representado pelas festas de Santo Amaro Abade, secularmente celebradas no Conselho do Tarrafal de Santiago.

O valor intangível deste elemento da cultura imaterial dos tarrafalenses, em particular, espelha-se, principalmente, no fato de, em 1572, já existir a freguesia que tem Santo Amaro Abade, até hoje, como padroeiro. A sua antiguidade associa-se à dimensão simbólica de uma manifestação cultural autêntica que emerge do sincretismo religioso que lhe é próprio, o que em essência, justifica a obtenção do estatuto de património cultural nacional, almejado pelos tarrafalenses.

É neste sentido que o DCSH/Uni-CV, através da Coordenação de História e Gestão do Património Cultural aceitou o desafio de, em parceria com a Câmara Municipal do Tarrafal, promover o evento referido.

Programa.pdf

Local Auditório Campus do Palmarejo

Uni-CV debate sobre festas “Nhu Santo Amaro a património cultural nacional”

Descarregar como ficheiro ICAL

Coordenação do curso de História da Universidade de Cabo Verde vai colocar em debate o tema “Festas de Nhu Santo Amaro a Património Cultural Nacional” esta terça-feira, dia 28 de Abril, às 17:30h, no auditório do Campus do Palmarejo. O ato também vai assinalar o 98º Aniversário da fundação do Concelho do Tarrafal de Santiago (25/04/1917 - 25/04/2015). Como conferencistas teremos, o Dr. Hamilton Fernandes (coordenador do Projeto) e moderador, o Prof. Lourenço Gomes (Coordenador de História e GPC).

A conferência é uma oportunidade para se discutir a problemática da proteção de bens intangíveis de excecional valor para um povo. Neste caso, reporta-se ao património cultural imaterial, representado pelas festas de Santo Amaro Abade, secularmente celebradas no Conselho do Tarrafal de Santiago.

O valor intangível deste elemento da cultura imaterial dos tarrafalenses, em particular, espelha-se, principalmente, no fato de, em 1572, já existir a freguesia que tem Santo Amaro Abade, até hoje, como padroeiro. A sua antiguidade associa-se à dimensão simbólica de uma manifestação cultural autêntica que emerge do sincretismo religioso que lhe é próprio, o que em essência, justifica a obtenção do estatuto de património cultural nacional, almejado pelos tarrafalenses.

É neste sentido que o DCSH/Uni-CV, através da Coordenação de História e Gestão do Património Cultural aceitou o desafio de, em parceria com a Câmara Municipal do Tarrafal, promover o evento referido.

Programa.pdf

Local : Auditório Campus do Palmarejo

Voltar