IMG_0051Ministro Adjunto do Primeiro-Ministro e da Integração Regional visita a Uni-CV para discutir parcerias.jpg

No dia 15 de julho, a Universidade de Cabo Verde recebeu a visita de uma comitiva do Ministério da Integração Regional, liderado pelo Ministro Adjunto do Primeiro Ministro e da Integração Regional, Rui Figueiredo Soares. O objetivo da visita foi discutir as possibilidades de cooperação, bem como o estreitamento das relações entre as respectivas instituições.

Após ter recebido a comitiva, no Campus do Palmarejo, as duas delegações seguiram para uma reunião com a equipa reitoral e representantes de diversas unidades da Uni-CV, ligadas às áreas de Relações Internacionais e Integração Regional Africana, para discutirem possibilidades de realização de estudos, investigação e pesquisas, bem como a organização de eventos académicos, nas áreas de Integração Regional e Diplomacia Africana.

A Reitora da Uni-CV, Judite Medina do Nascimento, agradeceu o Ministro Adjunto do Primeiro Ministro e da Integração Regional e aproveitou o momento para apresentar a universidade, no seu geral, ao mesmo, destacando os pilares tradicionais de uma universidade, nomeadamente o ensino, a investigação e a extensão. A apresentação das Faculdades e Escolas ficou a cargo dos dirigentes dos mesmos. 

Depois de ouvir atentamente a apresentação daquela que é a Reitora da maior Universidade em Cabo Verde, o Ministro Adjunto do Primeiro Ministro e da Integração Regional, afirmou que a Universidade Pública de Cabo Verde está a cumprir com o seu papel de contribuir para o desenvolvimento de País afirmando: “Não há desenvolvimento de qualquer país sem produção de conhecimento, da investigação e sem organização nesta área tão importante”. “Estou muito satisfeito a visão da Universidade Pública. Qualquer Universidade Pública tem um papel fundamental, o ensino privado também tem o seu papel, mas sem a Universidade Pública não há ensino superior sustentável e de qualidade”, sublinhou Rui Figueiredo Soares.

Na sua primeira visita oficial à Universidade de Cabo Verde, Rui Figueiredo Soares apontou as várias atividades de extensão universitária sobre a temática das Relações Internacionais, Integração Regional Africana, língua francesa, que a Universidade de Cabo Verde vem realizando nos últimos anos.   

Outro ponto discutido no encontro foi o futuro do Instituto da Africa Ocidental. Rui Figueiredo Soares avançou que o Instituto merece um cuidado, uma análise profunda. O Instituto tínha vários parceiros que participavam ou deviam participar no financiamento do Instituto, mas na verdade, somente o Governo de Cabo Verde está a financiar o Instituto com os magros recursos para a sobrevivência do Instituto da Africa Ocidental.   

A seguir a esta reunião, a comitiva do Ministério da Integração Regional visitou o laboratório de biologia, com vista a acompanhar de perto o trabalho que está a ser feito neste, na montagem de novos equipamentos para a realização de testes PSR da Covid-19. 

Pin It