assinatura_protocolo.JPG

A Universidade de Cabo Verde assinou contratos de desembolso da “capital semente” aos empreendedores selecionados na 1ª fase do Programa Empreamar Cabo Verde. O ato teve lugar na segunda-feira, dia 22 de junho, na sala de reuniões da Reitoria, no Plateau. 

O contrato, que foi rubricado pela Magnífica Reitora da Uni-CV, Judite Medina do Nascimento, e os empreendedores selecionados em fases anteriores, visa acelerar a criação das empresas e apoiar financeiramente os empreendedores para efetivarem os seus negócios.

Com esta “capital semente”, a Reitora da Uni-CV espera que os empreendedores consigam fazer germinar as sementes e sobretudo multiplicar os impactos nas comunidades, visando o sucesso deste projeto.

Nesta fase, quatro das oito iniciativas receberão “capital semente” de, no máximo 10.000 euros, dos quais 75% serão a fundo perdido e 25% sob a forma de crédito, sem juros, a ser reembolsado, com um período de carência de três anos, após o início das atividades. O capital reembolsado será utilizado nas próximas edições, visando contribuir para a sustentabilidade do projeto Empreamar Cabo Verde.

PastPex (Maio), Progreen-Cultivo de microalgas (São Vicente), Cidália pesca (Santiago) e Plataforma Turístico e Comercial (São Vicente), são os projetos selecionados que receberam a “capital semente”, no âmbito do programa de Empreamar CV, financiado pela cooperação Espanhola.

Como entidade financiadora do programa Empreamar CV, a cooperação espanhola representada pela Embaixadora de Espanha em Cabo Verde, Maria Dolores Rios Peset, lembrou que os quatro projetos foram selecionados num universo de 80 candidaturas, voltados para a inovação e fortalecimento da incubadora da empresa.

“São projetos que introduzem inovação e o crescimento azul é o sector que queremos fomentar em Cabo Verde, bem como, a incubadora de empresas que a Universidade de Cabo Verde tem o gosto de fazer, e também este é o “capital semente”, para que a incubadora da Uni-CV vá fortalecer e, no futuro próximo, poderá fazer muitas outras coisas”, afirmou a  Embaixadora de Espanha em Cabo Verde.

O Empreamar Cabo Verde é um programa de Empreendedorismo para o setor marítimo no país, que pretende a inovação para o desenvolvimento sustentável das comunidades costeiras de Cabo Verde. Em termos gerais, o programa visa contribuir para a melhoria da qualidade de vida das pessoas que dependem da economia marítima, através da implementação de soluções inovadoras.

Pin It