IMG_1938.JPG

A Reitoria da Universidade de Cabo Verde recebeu, no dia 28 de junho, a visita da Presidente da Faculdade de Humanidade e Ciências da Educação da Universidad Mayor de San Andrés (UMSA), Maria Eugénia Pareja Tejada, para a assinatura de um memorando de entendimento e vários convênios para intercâmbio de estudantes, docentes e funcionários.

O protocolo rubricado pelas partes institucionais envolvidas, Uni-CV e UMSA, tem como objetivos estabelecer redes de investigação, programas e projetos conjuntos, programas de mobilidade para docentes e estudantes, como forma de contribuir para o fortalecimento das relações académicas, científicas e culturais entre as duas instituições de ensino.

Durante a visita, Maria Eugénia Pareja Tejada afirmou que a UMSA tem muito interesse em se internacionalizar cada vez mais. “Todas as nossas relações têm sido estabelecidas mais com a Europa e os Estados Unidos, mas consideramos estratégico fazer uma aliança Sul a Sul”, acrescentou.

A Vice-Reitora para Extensão Universitária e Reitora em substituição, Astrigilda Silveira, frisou que a cooperação Sul a Sul tem contribuído para o desenvolvimento de Cabo Verde no geral e da Universidade Pública, em particular. “Nós temos vários acordos celebrados que têm permitido a realização de projetos no âmbito do ensino, da investigação e extensão universitária que nos possibilitam a mobilidade de docentes, estudantes e funcionários”.

O acordo prevê ainda a criação de uma rede de investigação que possibilita a divulgação de informações, documentação, publicações, equipamentos e materiais produzidos por ambas instituições; incentivar o intercâmbio de docentes para participar em congressos, conferências e outros fóruns académicos, além de cursos de pós-graduação; coordenar publicações conjuntas que derivam do trabalho de pesquisa produzido por ambas as instituições. Este memorando permanecerá em vigor por cinco anos.

No mesmo ato foram assinados 6 convénios específicos entre a Faculdade de Ciências Sociais, Humanas e Artes da Uni-CV e a Faculdade de Humanidades e Ciências da Educação, com vista a realização de investigação conjunta e o intercâmbio de docentes e estudantes de graduação e pós-graduação. As partes comprometeram-se a gerar debates académicos na produção de conhecimento conjunto e colocação de acordos para possíveis publicações conjuntas.

De recordar que a Universidade Mayor de San Andrés (UMSA) é a principal universidade pública do Estado Plurinacional da Bolívia, estabelecida desde 1830. É a segunda mais antiga universidade daquele país, depois da Universidade de San Francisco Xavier de Chuquisaca (1624) e o mais representativo do Sistema Universitário Boliviano.

Pin It