IMG_9261-2.jpg

A convite da Reitora da Uni-CV, Professora Judite Medina do Nascimento, o Presidente da Assembleia Nacional (AN), Eng.º Jorge Maurício Santos visitou a Universidade de Cabo Verde, no dia 3 de junho, tendo considerado que o projeto Novo Campus da Uni-CV é estratégico para o desenvolvimento de Cabo Verde, eleva o nível e a responsabilidade de Cabo Verde em matéria de ensino superior e é fundamental para o futuro e para persecução de todas as políticas públicas.

IMG_9182-2.jpg

Durante a visita, que se iniciou no Novo Campus da Universidade de Cabo Verde em construção, em Palmarejo Grande, a Reitora da Uni-CV e o Presidente da Casa Parlamentar conversaram sobre o projeto “Novo Campus”, a sustentabilidade da universidade, mas também abordaram a possibilidade de assinatura de um memorando de entendimento entre a Uni-CV e a AN.

A construção do Novo Campus foi iniciada em julho de 2017 e tem uma previsão de conclusão em julho de 2020. Orçado em 5,6 milhões de contos, o Novo Campus da Uni-CV vai ficar localizado na zona do Palmarejo Grande, foi projetado para acolher 4.890 estudantes e 476 professores, em 61 salas de aulas, 5 auditórios, 8 salas de informática, 8 salas de leituras, 34 laboratórios, salão multiusos (com capacidade de 654 lugares), refeitórios, biblioteca, dormitórios e espaços desportivos.

Importância do Novo Campus, a maior infraestrutura do País

NOVO-CAMPUS-UNI-CV.jpg

“Para a Universidade de Cabo Verde, esta obra tem um significado imensurável. Temos crescido rapidamente em termos de dimensão demográfica, os nossos edifícios atuais tornaram-se insuficientes para abarcar todas nossas necessidades em termos de salas de aula, laboratórios, espaços especializados e equipamentos que precisamos para poder desenvolver as atividades que são inerentes às nossas atribuições e missão” considera a Reitora da Uni-CV

“Para nós, conseguir ser beneficiados com uma obra desta dimensão pelo Estado de Cabo Verde, financiada pela China, parceiro tradicional em Cabo Verde, é uma honra”.

“Esta é a maior obra de construção civil em Cabo Verde, jamais feita, mas também é um dos maiores projetos financiados pela China na nossa sub-região africana. Isto demonstra a amizade existente entre Cabo Verde e China, mas não é só amizade, é parceria”, admitiu o Presidente da Casa Parlamentar.

Novo Campus da Uni-CV, estratégico para o desenvolvimento de Cabo Verde

IMG_9166-2.jpg

O Presidente da Casa Parlamentar realçou que o Novo Campus da Universidade de Cabo Verde é um projeto estratégico para o desenvolvimento de Cabo Verde porque eleva o nível e a responsabilidade de Cabo Verde em matéria de ensino superior.

Aproveitou o momento para felicitar a Universidade de Cabo Verde, a Reitora da Uni-CV e corpos dirigentes por terem essa visão futurista. “Só conseguiremos, de facto, desenvolver e competir neste mundo tão competitivo com uma aposta forte na qualidade dos recursos humanos e esta obra eleva o nível de ensino superior que queremos para o nosso País”.

A visita terminou no Campus de Palmarejo, com visita aos laboratórios e apresentação da Universidade de Cabo Verde pela Reitora da Uni-CV e Presidentes das Unidades Orgânicas, com a tónica no financiamento do ensino superior.

Universidade voltada para o mercado de trabalho

IMG_9261-2.jpg

“A Universidade tem que estar voltada para o mercado nacional e também ser um prestador de serviços, que é um eixo importante da sustentabilidade também”, frisou o Presidente da AN. Avançou, também, a possibilidade de assinar um protocolo de entendimento entre a Assembleia Nacional e a Universidade de Cabo Verde, não só, versando a prestação de serviços, mas acima de tudo, em termos de sensibilização de políticas públicas eficazes e efetivos para a sustentabilidade. Tal como frisou “é preciso envolver a universidade para que as políticas públicas tenham também a qualidade e eficácia que se quer”.

Para a Universidade, é fundamental a sustentabilidade. A sustentabilidade só se consegue com dois eixos de intervenção: por um lado, a internacionalização, que já tem um elemento fundamental que é a Cidade Universitária, ou seja, a parte que permite essa internacionalização, e em segundo lugar, o desenho das políticas públicas.

Pin It