congresso II site

O II Congresso Cabo-verdiano sobre Educação Inclusiva (ConCEI) subordinado ao tema "As necessidades Educativas Especiais na Família, Educação e Comunidade", reuniu uma média diária de 140 participantes, no que se revelou um sucesso da organização, na divulgação do conhecimento e da investigação e na concretização dos objetivos propostos para este evento, que decorreu de 3 a 4 de dezembro, no auditório do Campus do Palmarejo, na cidade da Praia.

O Congresso foi o resultado de uma parceria entre a Universidade de Cabo Verde – Departamento de Ciências Sociais e Humanas (DCSH) e a Universidade do Minho-Instituto de Educação-Cied, Braga, Portugal. O evento colocou em debate as seguintes temáticas: Desafios em Educação Inclusiva; A Educação Inclusiva na Escola; Políticas de Educação Inclusiva; A Educação Inclusiva na Família e na Comunidade e Práticas Inclusivas e Ambientes Inclusivos.

As participações tiveram uma grande diversidade de nacionalidades: Angola, Brasil, Cabo Verde, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe, num espaço que foi pensado para dar lugar à partilha de experiências e criação de redes de investigação.

"Estamos a refletir de forma a incluirmos mais ainda os alunos com necessidades educativas especiais, no nosso sistema", afirmou a Reitora da Universidade de Cabo Verde, a professora Judite Medina do Nascimento, durante a sessão de abertura do evento.

congresso II 

Participaram neste IIº Congresso alguns representantes das universidades portuguesas, designadamente o Professor Catedrático David Rodrigues, que considerou urgente o desenvolvimento da inclusão.

“As experiências que venho trazer mostram que é preciso apoiar urgentemente todas as crianças, de forma competente e a tempo. A escola tem que fazer o possível e o impossível para não perder nenhum aluno”

“Todos nós, em todos os países do mundo, estamos a procurar converter as nossas sociedades em sociedades mais inclusivas”, apontou.

A este evento foram submetidas 46 comunicações orais e de posters e contou-se com 140 participantes inscritos.

montagem congresso II

 O IIº Congresso Cabo-verdiano de Educação Inclusiva foi uma iniciativa que teve como principais autores o professor Filomeno Tavares, da Universidade de Cabo Verde e a professora Ana Paula Loução Martins, da Universidade do Minho. A terceira edição do evento deverá ser pensada para 2017.

 “Estamos a fazer muito trabalho a nível da inclusão, mas é preciso trabalhar no sentido de melhorar a mentalidade das pessoas para pudermos dar respostas significativas àquilo que são as necessidades das crianças e das famílias. É neste contexto que escolhermos para este ano o lema "As Necessidades Educativas Especiais na Família, Educação e Comunidade"

“Para Cabo Verde, a legislação é boa, mas não é preciso ter só a legislação, é preciso apostar na formação, sobretudo na mudança das mentalidades” acrescentou.

Ainda, reforçou, é precisar apostar na formação de professores e outros técnicos ligados a essa área para pudermos dar uma resposta cabal a tudo aquilo que são os níveis de exigência desta área.

 

Uni-CV acolhe IIº Congresso Cabo-Verdiano de Educação Inclusiva

educacaoinclusiva

A Universidade de Cabo Verde vai acolher o IIº Congresso Cabo-Verdiano de Educação Inclusiva (ConCEI)“As necessidades Educativas Especiais na Família, Educação e Comunidade”, nos dias 3 e 4 de Dezembro de 2015, no âmbito do programa de doutoramento em Estudos da Criança da Universidade do Minho-Instituto de Educação-Cied, Braga, Portugal.

A Sessão Solene de Abertura será presidida pela Magnífica Reitora da Universidade de Cabo Verde, Professora Doutora Judite Medina do Nascimento.

"As necessidades Educativas Especiais na Família, Educação e Comunidade", é o tema deste congresso que pretende disseminar os resultados de investigações, tal como promover a troca de experiências e o debate entre investigadores, pais, representantes políticos, organizações não-governamentais e profissionais de educação da comunidade lusófona. Neste contexto, a iniciativa tem por objectivo contribuir para o enriquecimento pessoal e profissional de todos os participantes e o aumento da qualidade da inclusão, na escola e na sociedade, das crianças e jovens com necessidades educativas especiais.

O IIº Congresso Cabo-verdiano de Educação Inclusiva conta com um programa científico intensivo e diversificado, organizado em conferências, comunicações livres, comunicações em posters e debates e um programa social organizado em visitas, palestras e workshop. Entre os convidados estão David Rodrigues, Professor Catedrático da Universidade Portucalense/Pró-Inclusão-Associação Nacional de Docentes de Educação Especial, Portugal e Ana Paula Silva Pereira, Universidade do Minho, Instituto de Educação, Cied, Portugal.

Em debate vão estar temas como: “Desafios em Educação Inclusiva”; “A Educação Inclusiva na Escola”; “Políticas de Educação Inclusiva”; “A Educação Inclusiva na Família e na Comunidade”; “Práticas Inclusivas, Ambientes Inclusivos”; “Promover a inclusão e a equidade na escola de hoje”; “Complexidade e multidimensionalidade do apoio às famílias na intervenção precoce”; “O que deve ter de especial a educação de crianças e jovens com necessidades educativas especiais na escola de hoje?”.

Pretende-se que um vasto leque de profissionais de Angola, Brasil, Cabo Verde, Moçambique e Portugal encontrem um espaço privilegiado para a partilha de pesquisas, experiências e criação de redes de investigação.

A Comissão Organizadora é composta pelo docente da Uni-CV e investigador do Cied-Instituto de Educação, Universidade do Minho, Filomeno Afonso Correia Tavares, e pela investigadora do Cied, e docente do Instituto de Educação da Universidade do Minho, Ana Paula Loução Martins.

O evento conta ainda com a parceria do Ministério da Educação e Desporto, Ministério da Juventude, Emprego e Desenvolvimento dos Recursos Humanos, Ministério do Ensino Superior Ciência e Inovação, ONG ligadas à deficiência e o apoio da TAP Portugal, Câmara Municipal da Praia, Hotel Santa Maria, Tecnicil e Kasa di Sabor.

A comissão organizadora deseja que os dias 3 e 4 de Dezembro de 2015 sejam inesquecíveis para todos os participantes e que Desafiem os Caminhos da Educação Inclusiva em Cabo Verde!

 

banner final 3por1

 

Pin It