ariana freire

Ana FreireAriana Freire é docente da Uni-CV e atualmente está a estagiar na Universidade da Madeira, através de um projeto de cooperação realizado entre as duas instituições. A área de formação da docente é Ciências Biológicas, por isso está a especializar-se em Biologia Molecular Clínica e Genética Forense. Ao seu tempo ainda alia outra responsabilidade, a do Laboratório de Biologia Molecular.

Uni-CV: Como decorreu o processo da seleção para o estágio?
Ariana Freire: O processo da seleção para o estágio foi realizado pelo Departamento da Ciência e Tecnologia, Equipa Reitoral, ambos da Universidade de Cabo Verde, e pelo diretor do Laboratório da Genética Humana da Universidade da Madeira. Foi com base na análise do curriculum vitae que fui selecionada, sem esquecer a minha área de formação e experiência.

Uni-CV: O estágio é realizado em que âmbito?
Ariana Freire: O estágio não está integrado em projeto de pós-doutoramento, consiste numa formação avançada com o objetivo de implementar a prestação de serviço para a comunidade, bem como promover a investigação na Uni-CV.

Uni-CV: Qual e a duração do estágio?
Ariana Freire: O estágio está previsto ter uma duração de 3 meses com início em junho e término em agosto.

Uni-CV: Em que área realiza o estágio?
Ariana Freire: A minha área do estágio é Biologia Molecular Clínica e Genética Forense visto que, estas áreas permitem a utilização de ferramentas da biologia molecular e genética para o diagnóstico complementar de doenças, identificação de indivíduos e realização de testes de paternidades. Na Uni-CV trabalho principalmente com os alunos do curso Ciências Biológicas, além de ser responsável pelo Laboratório de Biologia Molecular.

Uni-CV: Já passaram quase 2 meses no estágio, como tem sido a experiência em termos de conhecimento?
Ariana Freire: O estágio está ser muito produtivo, estou a adquirir muita experiência, pois o laboratório está bem equipado e dotados de profissionais altamente qualificados que trabalham com casos reais.

 

Pin It